28 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Pobreza gera guerra por lixo no Líbano

AP_825275778896-300x204

Pobreza gera guerra por lixo no Líbano

Beirute, 21 jan (Prensa Latina) O número cada vez maior de pessoas pobres no Líbano hoje causou uma guerra de lixo entre aqueles que recorrem a este método de sobrevivência.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Com um aumento notável no número dos menos favorecidos, alguns estão marcando e etiquetando seus territórios para evitar que outros toquem em seus bens.

As famílias ainda mais abastadas vendem seus resíduos porque as poucas indústrias de reciclagem do país pagam dólares por eles.

A briga pelo lixo mostra o declínio da vida em Beirute, outrora conhecida por seu espírito empreendedor, setor bancário estelar e vida noturna.

As estatísticas mostram que quase 80% dos residentes na chamada nação dos cedros caíram abaixo da linha de pobreza de 3,64 dólares por dia, de acordo com as agências internacionais.

A reciclagem já era um problema antes da atual crise econômica, a pior em décadas, com protestos contra as autoridades, cuja negligência levou a pilhas de lixo amontoadas nas ruas.

A cada dia, é cada vez mais comum ver adolescentes com sacos procurando nas caixas qualquer material recuperável.

Este comércio costumava ser realizado por sírios deslocados pela guerra no país vizinho, mas hoje há uma notável incorporação de libaneses empobrecidos.

“Vamos ao lixão onde vendemos o que coletamos e também encontramos libaneses”, disse um sírio que falou com Naharnet sob condição de anonimato.

Funcionários de restaurantes e zeladores de edifícios começaram a separar o lixo para vendê-lo e isso deixa pouca margem para nós, acrescentou ele.

As empresas de reciclagem pagam 20 centavos por um quilograma (kg) de sacos plásticos, 30 centavos por um quilograma (kg) de plástico mais resistente, e um dólar por cada kg de alumínio.

Embora isso possa não parecer muito, a depreciação superior a 100% da moeda nacional é um bônus adicional para aqueles que ainda têm seus empregos, mas cujos salários estão em libras libanesas.

Este acesso à moeda estrangeira significa que um comércio outrora desprezado na sociedade é agora uma atividade perigosa e faz um inimigo perigoso daqueles que defendem seus lotes de lixo.

acl/arc/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.