27 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Estado de emergência terminou em todo o Cazaquistão

estado-de-emergencia-terminou-em-todo-o-cazaquistao

Estado de emergência terminou em todo o Cazaquistão

Nursultan, 19 jan (Prensa Latina) O estado de emergência em todo o território do Cazaquistão terminou hoje, para que o país volte à normalidade, disse na véspera o porta-voz da presidência do Cazaquistão, Berik Uali.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Com a decisão, ficou finalizada a implementação desta medida nesta capital e em Almaty, a maior cidade do país, bem como na região homônima, Atyrau, Zhambyl, Kyzylordá e Manguistau, publicou o responsável na sua página de Facebook.

O presidente do Cazaquistão, Kasym-Zhomart Tokáyev, suspendeu o estado de emergência nas outras regiões do país da Ásia Central antes do previsto.

Desta forma, serão levantados os toques de recolher e outras restrições temporárias impostas durante a medida, explicou. “Graças à unidade e solidariedade do povo, ao trabalho altruísta das agências de aplicação da lei e do Exército, a ordem e a tranquilidade foram restauradas em todo o Cazaquistão”, disse Uali.

Segundo a Procuradoria-Geral do Cazaquistão, os distúrbios da primeira semana de janeiro naquele país causaram a morte de pelo menos 225 pessoas e mais de 4.350 feridos, além da prisão de milhares de envolvidos.

O Cazaquistão está se recuperando do considerável dano econômico causado pelo vandalismo, avaliado entre dois e três bilhões de dólares, com danos em cerca de 1.300 prédios, mais de 100 shopping centers e bancos, além do fato de que cerca de 500 patrulhas policiais foram incendiadas.

Os protestos eclodiram em 2 de janeiro devido a um forte aumento nos preços do gás liquefeito no sudoeste do país.

Perante esta situação, o aumento destas taxas foi suspenso, mas as manifestações alastraram-se a outras zonas como a antiga capital, Almaty, o que provocou a demissão do Governo e violentos distúrbios.

Segundo as autoridades, as demandas econômicas foram utilizadas por elementos internos e estrangeiros para uma tentativa de golpe de Estado, que fracassou.

O presidente cazaque Kasim-Yomart Tokaev pediu à Organização do Tratado de Segurança Coletiva em 5 de janeiro para enviar um contingente de paz para proteger os alvos vitais do país e parar a “ameaça terrorista”.

Esse agrupamento de ex-nações soviéticas (Armênia, Belarus, Cazaquistão, Quirguistão, Rússia e Tadjiquistão) respondeu rapidamente e as primeiras tropas russas avançadas chegaram ao país em 6 de janeiro.

A partir de agora, as autoridades nacionais implementaram nos últimos dias uma operação antiterrorista para eliminar os focos desestabilizadores, que continuou nas últimas horas com a busca, captura e perseguição dos envolvidos nestas ações.

O presidente cazaque garantiu que a ordem constitucional foi restaurada no país.

rgh/mml/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.