26 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Partido do movimento Amal explica retorno ao governo do Líbano

Nabih-Berri-1-300x200

Partido do movimento Amal explica retorno ao governo do Líbano

Beirute, 18 jan (Prensa Latina) O chefe do partido do movimento Amal, Nabih Berri, declarou que eles estão retornando ao governo do Líbano para evitar uma maior deterioração do país, destacou hoje a versão digital do jornal an-Nahar.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Berri, que atua como presidente do Parlamento, disse que esta decisão refuta alegações sobre a culpa da dupla muçulmana xiita (Amal e Hezbola) pelo debacle econômico e financeiro libanês.

“Muitos nos acusaram do agravamento da situação socioeconômica e da desvalorização sem precedentes da moeda nacional”, disse.

A libra libanesa caiu para um mínimo histórico de 33.000 por dólar, mas após o anúncio de Amal e Hezbola de retornar ao Executivo e uma circular do Banco Central para comprar moeda estrangeira sem limite, houve uma recuperação de 24.000 por dólar.

O chefe dos deputados, no entanto, reiterou que a posição da dupla xiita sobre o juiz investigador da explosão no porto de Beiruti, Tarek Bitar, a quem acusam de ser parcial e apegado a questões políticas, não mudou.

Essas explicações foram formuladas por Amal e Hezbola para retirar seus representantes no Gabinete desde outubro passado.

De acordo com Berri, apenas questões internas foram levadas em consideração para seu retorno ao Executivo, entre elas, o debate para aprovar o Orçamento de Estado de 2022, sem o qual as eleições gerais de maio não seriam possíveis.

jha/arc/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.