27 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Mulheres, paz e segurança em debate na ONU

Mujeres-300x200

Mulheres, paz e segurança em debate na ONU

Nações Unidas, 18 jan (Prensa Latina) O Conselho de Segurança da ONU fará hoje um debate ministerial aberto sobre as mulheres e à paz, em uma sessão que dará ênfase especial ao enfrentamento da violência contra elas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com a agenda prevista, a ministra norueguesa dos Negócios Estrangeiros, Anniken Huitfeldt, vai presidir esta reunião, que é um dos eventos emblemáticos da presidência rotativa daquele país nórdico durante o mês de janeiro.

A intervenção da Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, entre outros oradores, também é esperada nesta sessão intitulada “Protegendo a participação: abordando a violência contra as mulheres em processos de paz e segurança”.

Da mesma forma, os Estados que não são membros do Conselho de Segurança foram convidados a participar pessoalmente do debate ou enviar uma declaração por escrito, que será incluída no registro oficial.

Em repetidas ocasiões, o secretário-geral da ONU, António Guterres, alertou que as mulheres permanecem na periferia dos processos de paz e, em grande medida, são excluídas das salas onde são tomadas as decisões.

Mas sua liderança deve ser a norma porque não é possível excluir metade da humanidade dos assuntos internacionais, segundo o mais alto representante das Nações Unidas.

Em 2000, o Conselho de Segurança adotou a histórica resolução 1325 sobre Mulheres, Paz e Segurança, que deu maior visibilidade a esse tema dentro da organização multilateral.

Tal documento incluiu a perspectiva de gênero em situações de vulnerabilidade humanitária, estabelecendo a Agenda “Mulheres, Paz e Segurança”.

Atualmente, de acordo com relatórios da ONU, os efeitos da pandemia de Covid-19 têm um impacto negativo nos objetivos de igualdade de gênero, e têm um forte impacto na população feminina que vive em áreas afetadas por conflitos.

Da mesma forma, a organização multilateral alerta que continuam sub-representadas nas tomadas de decisão sobre a resposta à crise sanitária e são mais afetadas pelo desemprego, pobreza e violência de gênero em meio a medidas restritivas devido à pandemia de COVID-19.

jha/erh/ifb/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.