28 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

OTAN deve se fechar para novos Estados-membros, diz professor

otan-deve-se-fechar-para-novos-estados-membros-diz-professor

OTAN deve se fechar para novos Estados-membros, diz professor

Washington, 17 jan (Prensa Latina) A Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) deveria mudar de rumo e rejeitar pública e explicitamente novos membros, disse um artigo na www.foreignaffairs.com hoje.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Escrito por Michael Kimmage, professor de história da Universidade Católica da América, o relatório aborda a ameaça de expansão da aliança em direção às fronteiras da Rússia.

O bloco é agora um monstro solto e estabelecido em 30 países, abrangendo a América do Norte, a Europa Ocidental, os estados bálticos e a Turquia, observou ele.

Esta OTAN ampliada oscila entre ataque e defesa, tendo estado militarmente envolvida na Sérvia, Afeganistão e Líbia. A enorme abrangência da aliança e a obscuridade de sua missão arriscam envolvê-la em uma grande guerra europeia, advertiu ele.

Em sua avaliação, o acadêmico afirmava que incorporar a Ucrânia seria uma loucura estratégica.

A qualidade do teatro do absurdo desse apego do Ocidente à política de portas abertas é por si só insultuoso para a Ucrânia (e para a Geórgia) e acabará gerando má vontade em relação a Washington, disse ele.

Kimmage se referiu à situação atual, na qual o Ministro das Relações Exteriores russo Sergei Lavrov acusou os EUA de espalhar uma desinformação completa sobre a suposta “provocação” de Moscou para invadir a Ucrânia.

Tanto os ucranianos quanto os estadunidenses estão turvando as águas e convidando à distração ao não falarem francamente, disse ele, argumentando que todos sabem que o que estão dizendo não corresponde à realidade.

Uma aliança, disse ele, que não pode agir no seu próprio interesse e que se apega a suposições refutadas se minará por dentro. A sobrevivência da OTAN, argumentou ele, requer reforma e o fim da adesão à OTAN permitiria uma abordagem em sintonia com as complexidades da região, numa ordem internacional em que não reina o modelo ocidental e diante do revisionismo da Rússia de (Vladimir) Putin, que não vai embora tão cedo.

O acadêmico encorajou a avançar cada centímetro da diplomacia EUA-Europa-Rússia.

As chances de sucesso de tal diplomacia são pequenas, mas não lhe dar uma chance seria um erro imperdoável, frisou.

gas/lb/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.