20 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Le Havre, fênix da França

le-havre-fenix-da-franca

Le Havre, fênix da França

Por Waldo Mendiluza
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Paris, 15 jan (Prensa Latina) A cidade francesa Le Havre renasceu de suas cinzas como a mítica fênix, com a diferença de que seu retorno à vida é uma história verdadeira e que não esperou 500 anos para se levantar da devastação.

Em 5 e 6 de setembro de 1944, a agora bela metrópole marítima e porta de entrada do Sena para o mar foi reduzida a escombros sob as bombas aliadas, em resposta à recusa dos ocupantes nazistas em se render.

Mais de 3.200 toneladas de bombas e 40.000 dispositivos incendiários caíram sobre ele, cujo centro praticamente desapareceu, apenas o teatro permaneceu de pé e 80% dos edifícios foram destruídos.

A guerra feriu mortalmente a cidade, imortalizada no final do século XIX pelo movimento impressionista e pelas obras de Eugéne Boudin, Claude Monet e Camille Pissarro.

“Para Le Havre, ferido pela França, mas vivo! E será grande!”, escreveu o general Charles de Gaulle em 7 de outubro de 1944 no Livro de Ouro da cidade portuária já liberada, uma espécie de profecia de que o tempo e o esforço humano responsável por torná-lo realidade.

O arquiteto do milagre foi sem dúvida o arquiteto Auguste Perret, que liderou a preparação dos planos para a reconstrução da joia normanda, concretizados entre 1945 e 1964.

Entre as construções destaca-se a igreja de Saint-Joseph, um templo futurista de 107 metros de altura, símbolo do renascimento da cidade e uma homenagem aos milhares de seus filhos que perderam a vida na guerra, templo que com bom tempo condições em que pode ser visto, como um farol, a 60 quilômetros de distância.

A quarta igreja construída no local foi aberta ao público em 23 de março de 1959 com seu belo projeto de concreto armado e impressionantes vitrais da artista Marguerite Huré, e nesse dia compensou parcialmente a dor da missa celebrada em 1945 com as ruínas da antiga catedral como testemunha.

Também um emblema da reconstrução da França e da Europa após a guerra é a prefeitura, localizada no coração do centro da cidade, um local incontornável para moradores e turistas, vigiado por uma torre de 72 metros com um mirante no cume.

Outro monumento icônico foi fornecido pelo arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer, uma obra batizada de El Volcán, que representa um contraste atraente entre as linhas fluidas e livres do gênio sul-americano e os contornos ortogonais e majestosos de Perret. (Retirado de Orbe)/ml

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.