20 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Conselho de Segurança da ONU analisa situação no Iêmen

Conselho de Segurança da ONU analisa situação no Iêmen

Nações Unidas, 12 jan (Prensa Latina) O Conselho de Segurança da ONU realizará hoje uma sessão de informação e depois consultas a portas fechadas sobre a situação no Iêmen, em meio à escalada do conflito naquele país.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Relatórios recentes divulgados no organismo multilateral alertam que o aumento dos confrontos, registrados desde dezembro, mina as perspectivas de se chegar a um acordo político sustentável visando o fim da guerra.

De acordo com o Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, dois terços da população do país, cerca de 20 milhões de pessoas, dependem de assistência humanitária e 80% vivem abaixo da linha da pobreza.

Enquanto isso, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento alertou que o Iêmen está passando pela “pior e maior catástrofe humanitária do mundo” e, nesse sentido, projetou que até o final de 2021 a guerra terá matado 337 mil pessoas diretamente ou indiretamente.

No dia anterior, as tropas do governo iemenita e seus aliados recuperaram o controle total da província de Shabwa, no sul, após violentos combates com os rebeldes houties, segundo fontes oficiais.

Vários meios de comunicação do governo também se referiram a ganhos no distrito de Harib, na vizinha província de Marib.

Essa última área e sua capital de mesmo nome têm sido palco de violentos confrontos desde fevereiro do ano passado, após a ofensiva iniciada pelos huties, que desde então tentam, sem sucesso, ocupá-la.

Além de sua riqueza petrolífera, o território é fundamental porque representa o último grande reduto controlado no centro desta nação pelas forças do presidente Abd Rabbu Mansour Hadi e também liga várias províncias vizinhas.

A guerra no Iêmen começou em 2014, quando os rebeldes pegaram em armas e ocuparam grandes áreas do país, incluindo a capital, Sana’a.

Em 2015, o conflito se intensificou com o início dos bombardeios por uma coalizão anti-insurgente liderada pela Arábia Saudita.

rgh/ifb/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.