17 de August de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Putin denuncia participação estrangeira em eventos no Cazaquistão

putin-denuncia-participacao-estrangeira-em-eventos-no-cazaquistao

Putin denuncia participação estrangeira em eventos no Cazaquistão

Moscou, 10 jan (Prensa Latina) O presidente russo Vladimir Putin disse hoje que a ameaça ao Cazaquistão não foi causada por protestos espontâneos contra os preços dos combustíveis, mas por forças destrutivas internas e externas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Falando em uma extraordinária cúpula on-line dos Estados-membros da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (CSTO), Putin disse que aqueles que saíram às ruas para protestar contra a situação no mercado de gás estavam perseguindo objetivos diferentes daqueles que pegaram armas e atacaram o Estado do Cazaquistão.

Putin considerou a agitação dos últimos dias no país da Ásia Central séria e preocupante porque afeta todas as nações do grupo militar (Armênia, Belarus, Cazaquistão, Quirguistão, Rússia e Tajiquistão), pois representa um desafio sem precedentes para a segurança, integridade e soberania de um Estado.

Ele disse que as tecnologias de apoio à informação foram utilizadas no Cazaquistão, lembrando a Euromaidan na Ucrânia, a agitação que levou à derrubada do Presidente eleito Viktor Yanukovych naquele país no final de novembro de 2013.

Ele enfatizou que, como explicou o presidente do Cazaquistão, Kasym-Zhomart Tokayev, é óbvio que grupos bem organizados e bem dirigidos de combatentes treinados em campos terroristas no exterior foram empregados no Cazaquistão.

Na videoconferência, o líder cazaque disse que o que aconteceu em seu país foi uma tentativa de golpe de Estado.

“Sob o pretexto de protestos espontâneos, uma onda de agitação em massa se desdobrou, à medida que radicais religiosos, elementos criminosos, bandidos notórios, saqueadores e bandidos apareceram em um único comando”, explicou ele.

Ele esclareceu que as exigências socioeconômicas e sociopolíticas apresentadas nos primeiros momentos dos protestos, que foram ouvidas e atendidas pelas autoridades, foram “relegadas ao segundo ou terceiro lugar e esquecidas”.

Tokayev observou que a “fase quente” se desenvolveu após o primeiro momento, com grupos armados intervindo e esperando por esse momento.

“O objetivo principal era claro: minar a ordem constitucional, destruir as instituições governamentais e tomar o poder”. Estamos falando de uma tentativa de golpe de Estado”, enfatizou o presidente, dizendo que a crise no país foi a maior da história da independência do Cazaquistão.

gas/mml/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.