20 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Palestina denuncia apoio de Bennett a crimes de colonos israelenses

Palestina, denuncia, apoyo, Bennett, colonos

Palestina denuncia apoio de Bennett a crimes de colonos israelenses

Ramallah, 8 jan (Prensa Latina) O governo palestino condenou hoje o apoio do primeiro-ministro israelense Naftali Bennett às agressões dos colonos judeus que vivem na Cisjordânia ocupada, após críticas de um membro de sua administração.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

As recentes declarações de Bennett confirmam a política expansionista naquele território, incluindo Jerusalém Oriental, disse o Ministério das Relações Exteriores em uma declaração.

A postura do político dá cobertura oficial aos setores mais extremistas para roubar mais terras palestinas, disse ele.

“A mentalidade colonial racista rejeita qualquer crítica, seja interna ou externa”, observou a declaração, referindo-se ao recente questionamento do vice-ministro da Economia israelense Yair Golan, que pertence ao partido de esquerda Meretz.

Golan, que é um ex-chefe de pessoal adjunto das Forças de Defesa de Israel, esta semana foi atacado por colonos no assentamento Homesh, que até mesmo Tel Aviv considera ilegal.

“Não são pessoas, são sub-humanos, são desprezíveis”, disse ele, lembrando sua constante agressão contra as aldeias palestinas vizinhas.

Embora Golan tenha se retratado mais tarde, ele insistiu em suas críticas durante um diálogo com o Canal 12.

“Lamento o comentário, que pode ter incluído uma frase problemática. Foi dito com raiva e isso pode acontecer (…) eu poderia ter usado uma expressão melhor, como ‘valentões desprezíveis'”, disse ele.

“Lutei contra as milícias palestinas durante toda a minha vida, por isso não preciso de palestras sobre o assunto, mas acho que o perigo interno é mais sério do que o externo. Nós, judeus em Israel, devemos erradicar este mal”, frisou ele.

Em resposta, os setores de direita no poder e na oposição, liderados pelo Likud, se atiraram ao oficial.

“Aqueles que se estabelecem na Judeia e Samaria (o nome usado pelos israelenses para se referir à Cisjordânia) são os pioneiros de hoje. Não tomamos uma terra estrangeira, recuperamos a terra de nossos ancestrais”, disse Bennett, repetindo a tese da extrema-direita.

As resoluções do Conselho de Segurança da ONU e a comunidade internacional consideram o território ocupado como parte do futuro Estado palestino.

No final do ano passado, o Ministro de Segurança Pública israelense Omer Barlev recebeu mais proteção após receber ameaças de morte de ultranacionalistas e colonos após criticar a violência destes últimos contra os palestinos.

msm/rob/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.