26 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Cuba aplica novas medidas internacionais de controle sanitário

Cuba aplica novas medidas internacionais de controle sanitário

Havana, 5 jan (Prensa Latina) Novas medidas internacionais de controle sanitário entram em vigor hoje em Cuba devido ao aumento de casos de Covid-19 nas últimas semanas e ao poder de disseminação da variante ômicron do vírus SARS-CoV-2.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com o Ministério da Saúde Pública (Minsap), os viajantes da África do Sul, Lesoto, Botswana, Zimbabwe, Moçambique, Namíbia, Malawi e Eswatini devem apresentar o calendário de vacinação completo no ponto de entrada.

Além disso, apresentar o resultado negativo de um RT-PCR (reação em cadeia da polimerase), realizado, no máximo, 72 horas antes da viagem e outra amostra será retirada no ponto de entrada.

Por outro lado, farão a quarentena obrigatória, durante oito dias, em hotel destinado a esse fim, cabendo ao próprio viajante as despesas de alojamento e transporte.

No sétimo dia, indica o Minsap, eles farão uma nova amostra que, se negativa, permitirá a alta da quarentena no oitavo dia.

Todos os tripulantes e passageiros de navios mercantes que devam entrar em Cuba e procedam de portos estrangeiros deverão apresentar esquema de vacinação completo e será realizado um estudo PCR no ponto de entrada.

As tripulações de aeronaves e navios de cruzeiro que permaneçam menos de 48 horas em território nacional ficarão isentas dessas indicações e em ambos os casos deverão apresentar o calendário de imunização.

Da mesma forma, os passageiros dos cruzeiros e barcos de recreio apresentarão um certificado internacional de vacinação.

Os viajantes estrangeiros que chegarem a Cuba e fizerem parte de escolas internacionais, tenham bolsas em instituições nacionais, técnicos e colaboradores estrangeiros que se encontrem alojados, farão uma quarentena de oito dias em seus respectivos centros, no sétimo, lhes aplicarão um RT PCR.

No país, os viajantes positivos da doença serão admitidos, e irão com seus contatos para centros autorizados para isolamento ou em casa com as condições necessárias e garantindo o cumprimento desta medida.

Os casos autóctones confirmados de risco ou quando a gravidade do seu estado o justificar, serão hospitalizados, enquanto os seus contatos diretos ficarão isolados nas suas casas ou, se necessário, institucionalmente, durante oito dias.

Tendo em vista a alta transmissibilidade da variante ômícron e sua presença no país, atividades massivas são suspensas para evitar aglomerações de pessoas.

Em 29 de novembro, foi detectado o primeiro caso de ômicron em Cuba, correspondendo a um viajante sul-africano.

Declarada preocupação pela Organização Mundial de Saúde, a variante foi diagnosticada até o momento em 13 províncias e mais de 90 pacientes, a maioria casos importados, embora infecções autóctones já tenham sido confirmadas.

rgh/cdg/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.