23 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Pedem em Cuba fortalecer o programa de saúde comunitária

pedem-em-cuba-fortalecer-o-programa-de-saude-comunitaria

Pedem em Cuba fortalecer o programa de saúde comunitária

Havana, 4 jan (Prensa Latina) O Ministério de Saúde Pública de Cuba (Minsap) pediu hoje para continuar fortalecendo o Programa Médico e Enfermeiro de Família, comemorando 38 anos desta abordagem clínica, epidemiológica e social.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em 2022 pretendemos desenvolver um conjunto de ações dirigidas às equipas básicas, ao funcionamento dos grupos de trabalho, aos serviços policlínicos e à inter-relação com o nível secundário, declarou María Elena Soto, chefe do Departamento de Atenção Primária à Saúde.

Nas palavras finais de uma cerimônia de homenagem aos protagonistas daquele programa, ideia do líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, o médico destacou que os últimos dois anos demonstraram a importância dos médicos e enfermeiras da família no luta contra a Covid-19.

Ele destacou as inúmeras proezas realizadas por esse pessoal na comunidade, nos centros de isolamento, nos centros de vacinação, onde ocorre a imunização em massa da população contra o coronavírus SARS-CoV-2, e no processo de atendimento aos convalescentes.

Só em um sistema de saúde como o nosso, que potencializa esse componente vital da saúde primária, foi e é possível enfrentar situações tão complexas como as impostas pela atual pandemia, destacou Soto no Centro de Convenções Cojímar, nesta capital.

A celebração foi presidida por Jorge Luis Broche Lorenzo, chefe do Departamento de Educação, Esportes e Ciência do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba, José Ángel Portal, chefe da sucursal, Santiago Badía, secretário-geral da União Nacional dos Trabalhadores da Saúde, entre outras personalidades.

O Minsap convocou uma representação de médicos de família e enfermeiras, chefes de seções de atenção primária à saúde e vice-diretores responsáveis pela assistência médica de todas as províncias cubanas.

A médica de Santiago Elsa María Budegén, que está no programa há 38 anos no mesmo consultório, descreveu a dedicação, consagração e espírito de sacrifício dos funcionários como muito grandes no cuidado da pessoa, da família e da comunidade, com social e intersetorialidade.

Foram 54 mulheres e homens que receberam a distinção Manuel “Piti” Fajardo pelos seus 20 e 25 anos, respectivamente, de trabalho no setor, bem como uma seleção de médicos e enfermeiras de cada província cubana e do município especial de Isla de la Juventud .

Cuba conta atualmente com 449 policlínicas e 11 mil 406 consultórios médicos e de enfermagem de família, 11 mil 127 deles em nível comunitário, o que as autoridades sanitárias consideram um imenso cenário assistencial e pedagógico que tem como eixo a saúde da família.

acl/znc/glmv

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.