18 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Cuba inicia etapa decisiva em seu plano de desenvolvimento econômico

Cuba inicia etapa decisiva em seu plano de desenvolvimento econômico

Por Karina Marrón González

Havana, 1º jan (Prensa Latina) 2022 marca para Cuba o início da segunda etapa do Plano Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social até 2030 (PNDES), período que as autoridades do país consideram decisivo para o cumprimento de seus objetivos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Após uma primeira etapa em que as metas propostas não puderam ser alcançadas, principalmente devido à intensificação do bloqueio dos Estados Unidos e suas medidas coercitivas unilaterais, bem como da pandemia de Covid-19, os próximos anos são essenciais para ganhar espaço.

A ilha, que encerrou 2021 com um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2%, aspira neste novo calendário atingir quatro por cento, mas a sua projeção é continuar a escalada positiva para chegar ao fim da segunda fase do Pndes, em 2026, com o nível inicialmente previsto.

Cuba não renuncia ao seu desenvolvimento apesar das circunstâncias adversas, afirmou o Vice-Primeiro Ministro e Ministro da Economia e do Planejamento, Alejandro Gil, durante o Oitavo Período Ordinário de Sessões do Parlamento em dezembro passado.

Nesse sentido, citou como sustentação das aspirações a recuperação do turismo e dos setores vinculados; o progressivo desempenho das atividades produtivas e de serviços, como a manufatura, a agricultura, o comércio e a construção civil, entre outras.

A isso acrescentou que se projeta um crescimento com uma redução do componente importado da economia (16 centavos de importação para cada peso do PIB, menor que o alcançado em anos anteriores), o que é positivo.

No entanto, o país terá de enfrentar desafios como as mais de 500 empresas estatais com prejuízos, a dolarização parcial da economia nas relações entre as empresas e destas com o setor não estatal, e desvios do desenho do sistema monetário, principalmente em relação à inflação no varejo (mais de 70%).

Não em vão as prioridades definidas pelo Governo este ano são avançar no processo de estabilização macroeconômica e na recuperação do papel do peso cubano como centro do sistema financeiro.

Do mesmo modo, estão a ser desenvolvidos trabalhos de estabilização do sistema eléctrico nacional, através da recuperação e criação de capacidades de geração, bem como através do aumento da utilização de fontes renováveis de energia.

A transformação do sujeito central do modelo econômico cubano: o sistema empresarial estatal, é outra questão vital neste período, sem descurar a atenção prioritária às pessoas, famílias e comunidades em situação de vulnerabilidade; e a promoção da autonomia dos municípios e do desenvolvimento territorial.

Cuba viveu em 2021 onde o confronto com a pandemia e o bloqueio dos Estados Unidos não impediu a adoção de medidas de dinamização da economia.

Entre os mais significativos estão aqueles voltados para o fortalecimento da empresa estatal, o aprimoramento dos atores econômicos com a inclusão das micro, pequenas e médias empresas e o aumento da produção agrícola.

Soma-se a isso a ampliação da carteira de negócios com investimento estrangeiro e o fortalecimento dos laços de cooperação com importantes parceiros, como a União Econômica da Eurásia, Vietnã e China, esta última com a efetiva inserção no projeto do Cinturão Econômico da Rota da Seda.

O ano que se inicia é igualmente desafiador, afirmou o presidente do país, Miguel Díaz-Canel, que insistiu na importância de manter a epidemia de Covid-19 sob controle, como premissa fundamental para cumprir os propósitos desta nova etapa.

msm / kmg /ml

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.