26 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

China detalha suas políticas de controle de exportação

china-detalha-suas-politicas-de-controle-de-exportacao

China detalha suas políticas de controle de exportação

Beijing, 29 dez (Prensa Latina) China detalhou hoje o seu posicionamento, as políticas e o papel das instituições responsáveis ​​por assegurar o controle que exerce sobre as exportações, para proteger o desenvolvimento e a segurança nacional, promovendo ao mesmo tempo a abertura do mercado.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Um texto do Gabinete de Informação do Conselho de Estado (Gabinete) relembrou que a introdução desta limitação é uma prática internacional e visa proibir a comercialização de artigos, tecnologias ou serviços de dupla utilização, ou seja, civis, militares ou nucleares.

Segundo ele, medidas deste tipo “justas, razoáveis ​​e não discriminatórias” são cada vez mais importantes para fazer face aos riscos e desafios da segurança no mundo, bem como para salvaguardar a paz e o desenvolvimento.

“Para construir uma economia mais aberta e uma China mais pacífica, o país está se esforçando para alcançar uma forte interação entre desenvolvimento de alta qualidade e segurança garantida, modernizar seu regime de controle de exportação e fazer mais progressos na governança de controle de exportação. Exportações,” disse a publicação.

Referiu-se à disposição de Beijing de participar da coordenação internacional dessas restrições, assumir suas responsabilidades e obrigações em uma perspectiva global e intensificar os intercâmbios e a cooperação com o resto do mundo.

Entre outros aspectos, o texto mencionou a lei aprovada em 2020 que contempla o controle da exportação de alta tecnologia e também apoia a tomada de medidas contra países que ameacem sua segurança e interesses nacionais.

Durante a apresentação do documento, as autoridades chinesas criticaram os abusos de alguns governos ao adotar limitações baseadas em “desculpas forjadas, entrelaçar o poder do Estado com o fluxo comercial e as transações de mercado” e frequentemente usá-las como ferramentas para atacar e assediar terceiros.

Eles denunciaram que tais movimentos minaram os interesses e o progresso das nações em desenvolvimento, obstruíram a cadeia industrial e de abastecimento do planeta, fomentaram a criação de círculos exclusivos e afastaram o verdadeiro multilateralismo.

rgh/ymr/bj

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.