23 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Governo palestino acusa Israel de expandir o uso de força letal

Palestina, críticas, acuerdo, militar, Israel, Marruecos

Governo palestino acusa Israel de expandir o uso de força letal

Ramallah, 23 de dezembro (Prensa Latina) O primeiro-ministro palestino Muhammad Shtayyeh acusou hoje Israel de promover uma estratégia de execuções in loco ao aprovar novas regras para o Exército que tornam o uso da força letal ainda mais flexível.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Citado pela agência de notícias oficial Wafa, o oficial denunciou as novas instruções dadas aos soldados israelenses para reprimir os protestos palestinos.

Shtayyed afirmou que a nova política incentiva os militares a atirar em cidadãos com a intenção de matar.

A estação de rádio Kan revelou esta semana que as Forças de Defesa de Israel (IDF) autorizaram seus soldados a reprimir as ações palestinas contra a ocupação com mais violência.

De acordo com a fonte, as IDF permitiram que os militares atirassem nos jovens palestinos que atiravam pedras, mesmo quando eles já haviam jogado o fragmento de pedra ou fugido do local do confronto.

O correspondente de assuntos militares de Kan, Roi Sharon, afirmou que as novas instruções foram emitidas nas últimas semanas e distribuídas em um documento escrito para membros do Exército destacados para a Cisjordânia.

O chefe de gabinete, Aviv Kohavi, aprovou mudanças nos regulamentos de tiroteio das FDI no mês passado, um movimento descrito pela mídia das FDI como dramático.

No entanto, o primeiro-ministro israelense, o de extrema direita Naftali Bennett, saudou as novas regras.

No final de novembro, foi divulgado que os militares foram autorizados a usar força letal em casos de roubo de armas e munições de bases militares e em tentativas de contrabando ao longo da fronteira sul entre Israel e Egito.

De acordo com o Escritório da ONU para a Coordenação de Assuntos Humanitários, nos primeiros 11 meses deste ano, tropas israelenses mataram 322 palestinos na Cisjordânia e na Faixa de Gaza.

jf / rob/glmv

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.