18 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Estados Unidos excedem 800.000 mortes devido à Covid-19

Estados Unidos excedem 800.000 mortes devido à Covid-19

Washington, 16 dez (Prensa Latina) Os Estados Unidos amanheceram hoje com mais de 800.000 mortos no número acumulado de mortos do Covid-19, em meio a divergências sobre o direito de recusar a vacinação.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O número chegou quando a pandemia se aproxima do final de um segundo ano, casos conhecidos do coronavírus SARS-CoV-2 neste país excedem 50 milhões e estados como a Flórida se opõem à Casa Branca sobre imunização obrigatória.

Esta nação atingiu o pico mundial de mortes um ano após o início do processo de vacinação com diferentes medicamentos produzidos no país, quando os alarmes estão aumentando devido à expansão da variante

ômicron e os hospitais estão à beira do colapso com pacientes infectados.

De acordo com dados publicados pelo The New York Times, mais de 1.200 pessoas morrem diariamente nos Estados Unidos como resultado do Covid-19.

As últimas 100.000 mortes ocorreram em menos de 11 semanas, já que o ritmo das mortes acelerou e é mais rápido do que em qualquer outro momento que não seja o pico do inverno passado, disse o Times. O pico atual está sendo impulsionado pela variante Delta e ainda não se sabe como ômicron, que continua a aparecer em mais estados, poderia afetar essas tendências nas próximas semanas e meses, acrescentou o diário de Nova York.

De acordo com as estatísticas, cerca de 75% das 800.000 mortes de Covid-19 ocorreram entre pessoas com 65 anos de idade ou mais.

Um em cada 100 americanos mais velhos morria da doença.

Após a primeira morte conhecida do coronavírus nos Estados Unidos em fevereiro de 2020, o número de mortes nos Estados Unidos chegou a 100.000 em apenas três meses.

O ritmo das mortes diminuiu durante o verão daquele ano, depois acelerou durante o outono e o inverno, e diminuiu novamente nesta primavera e verão, acrescentou o Times.

Durante todo o verão, dizia, a maioria das pessoas que morreram devido ao vírus estavam concentradas no Sul.

Entretanto, as mais recentes 100.000 mortes – que começaram no início de outubro – foram espalhadas por todo o país, em uma ampla faixa que atravessa o centro do país desde a Pensilvânia até o Texas, a Mountain West e Michigan.

gas/lb/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.