18 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Balé do coreógrafo alemão Uwe Scholz com estreia em Cuba

Balé do coreógrafo alemão Uwe Scholz com estreia em Cuba

Havana, 16 Dez (Prensa Latina) O Balé Nacional de Cuba (BNC) estreia hoje no país caribenho uma das peças estelares do coreógrafo alemão Uwe Scholz, Sétima Sinfonia, no 251º aniversário do nascimento de Ludwig van Beethoven.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A convite do diretor geral da companhia, Viengsay Valdés, chegou há semanas a Havana a professora espanhola Roser Muñoz, especialista no reencaminhamento das coreografias de seu diretor quando era a bailarina principal do Ballet de Leipzig.

Considerado pela crítica como o herdeiro de outros dois gigantes da coreografia: John Cranko e Georges Balanchine, Scholz soube usar o neoclassicismo com grande elegância para bordar peças como esta que o artista espanhol montou para o BNC na Sétima Sinfonia de Beethoven.

Na sua opinião, o coreógrafo alemão utilizou a música de uma forma absolutamente única e muito moderna e nesta criação procurou transmitir, com a qualidade dos passos e intensidade dos movimentos, a apoteose da sinfonia.

As coreografias de Uwe são uma transcrição pura e simples da partitura ao longo das etapas. Em cada nota terá um passo, em cada instrumento um intérprete e quem souber ler partituras poderá lê-la através dos bailarinos, comentou em declarações exclusivas à Prensa Latina.

Depois de estudar balé na famosa escola Vagánova, em São Petersburgo, e no Conservatório Superior de Dança de Paris, Roser Muñoz garante que conhecer Uwe Scholz mudou completamente sua visão da arte e, depois de dançar grande parte do repertório alemão, ela se tornou a professora oficial de suas coreografias.

Para ela, rastrear peças Scholz em diferentes empresas ao redor do mundo faz parte de sua rotina, mas ela tem um sentimento mediterrâneo que às vezes a faz sentir falta de um certo calor expressivo.

“Às vezes você vê dançarinos esplêndidos e maravilhosos, mas diz: ah, estou perdendo algo indescritível”, disse ele. Aparentemente, por isso, gosta tanto de trabalhar com o BNC, na ensolarada Havana, onde valoriza a energia latina que os cubanos podem trazer à peça.

“O trabalho é muito bom; mas se for executado por bailarinos como os daqui, pode brilhar muito mais”, disse a ex-primeira bailarina de prestigiadas companhias europeias.

“Essa energia latina, essa feminilidade nas mulheres, essa masculinidade nos homens, aquela parte da beleza que não se pode descrever”, disse a professora que ensaia como se dançasse, com braços que parecem acariciar a partitura descrita por Richard Wagner como “a apoteose da dança.”

As apresentações acontecerão no Teatro Nacional, nos dias 16, 17, 18 e 19 de dezembro, e a programação é complementada pelas peças Invierno, da cubana Elyregina Hernández, e Love Fear Loss (Amor Miedo Loss), do brasileiro Ricardo Amarante.

Este último apresenta três canções popularizadas pela lendária diva francesa Edith Piaf: Hymne A L’amour (Hino ao amor), Ne me quitte pas (Não me abandone) e Mon Dieu (Meu Deus), tocadas ao piano.

De acordo com um comunicado do BNC, o show de hoje será dedicado aos criadores das vacinas cubanas, enquanto no sábado, dia 18, a empresa fará sua apresentação aos deputados da Assembleia Nacional do Poder Popular.

jha/msm/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.