22 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Japão decidirá sobre Beijing 2022 baseado em interesses próprios

Japão decidirá sobre Beijing 2022 baseado em interesses próprios

Tóquio, 7 dez (Prensa Latina) A primeira-ministra do Japão, Kishida Fumio, disse hoje que seu governo analisará em profundidade e tomará uma decisão de acordo com os interesses nacionais, sobre os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno Beijing-2022, na China.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Segundo o presidente, seu Executivo vai examinar bem o significado do evento esportivo em termos diplomáticos e também levará em consideração outros fatores antes de dar qualquer passo.

Indicou que Tóquio seguirá com sua própria determinação, embora esteja ciente do boicote diplomático anunciado há poucas horas pelos Estados Unidos sob o argumento de que a China supostamente viola os direitos humanos das minorias étnicas na Região Autônoma uigur de Xinjiang.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) expressou respeito pela medida norte-americana por se tratar de um movimento político do Governo e saudou a participação de atletas na competição de inverno.

Enquanto isso, um porta-voz da embaixada chinesa em Washington minimizou a posição da Casa Branca e garantiu que Beijing nunca planejou convidar autoridades estadunidenses para as cerimônias de abertura e encerramento do evento.

No entanto, rechaçou a ânsia dos Estados Unidos em manipular e distorcer o espírito dos jogos.

Na véspera, o Ministério das Relações Exteriores considerou o boicote diplomático uma ofensa ao povo do gigante asiático, pediu à Casa Branca que pare de politizar a questão e alertou para o impacto na cooperação bilateral e contra-medidas.

Além dos Estados Unidos, outras potências como Austrália, Reino Unido e Canadá também promovem um boicote internacional contra os jogos do suposto genocídio e a instalação de campos de reeducação em Xinjiang, com forte presença de muçulmanos.

A China negou repetidamente essas acusações e previu o fracasso de uma campanha destinada a politizar as competições.

Beijing-2022 está em contagem regressiva e – sob o slogan “Juntos por um Futuro Compartilhado” – em menos de 60 dias mostrará o que prometeu ser o melhor show de gelo e neve já realizado, com mais esportes e atletas mais bem preparados.

A China afirma ter tudo pronto para sediar as Olimpíadas em fevereiro do ano que vem e depois as Paralimpíadas de Inverno em março em sua capital, que transcenderá como a única cidade do planeta a receber as duas variantes da competição internacional após ser anfitriã na versão de verão de 2008.

Os jogos geram expectativas muito altas e o presidente do COI, Thomas Bach, mantém uma avaliação satisfatória sobre a preparação, a formação e o vínculo com estilos de vida mais saudáveis da população.

A China desenvolveu um capacete bolha e medidas que oferecem garantia na prevenção e controle da Covid-19, e atualmente está verificando o funcionamento da sede e dos sistemas instalados para os jogos.

oda/ymr/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.