27 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Uma Black Friday marcada pela inflação nos EUA

Uma Black Friday marcada pela inflação nos EUA

Washington, 26 nov (Prensa Latina) A chamada black friday, uma data de vendas regulares nas lojas, será marcada hoje nos Estados Unidos pela alta inflação.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O índice de preços ao consumidor, medido pelos pagamentos por bens e serviços, aumentou 6,2% em comparação com um ano antes, mostram os números oficiais.

Entretanto, após quase anos da pandemia de Covid-19, nem os preços altos nem a escassez de alguns dos itens mais procurados serão um impedimento para as compras, pelo menos não inteiramente, diz uma análise publicada no site de notícias dos EUA Vox.

Independentemente da gravidade da situação econômica e dos problemas na cadeia de abastecimento, graças à melhoria no mercado de trabalho, haverá compras de Natal, embora com limitações, de acordo com a Vox.

Uma pesquisa recente da Diretoria da Conferência mostrou que as pessoas sabem que terão que pagar mais por alimentos e presentes este ano, em comparação com 2020.

A escassez de alguns produtos, devido a atrasos na descarga de navios nos principais portos do país, levou alguns varejistas a reduzir a variedade de mercadorias disponíveis em suas prateleiras.

Os analistas dizem que esta black friday será crucial para o Presidente dos EUA Joe Biden, que tem muito em jogo, pois os republicanos estão prontos para acusá-lo de arruinar a temporada de férias.

Enquanto muitos outros países também enfrentam inflação alta e taxas de desemprego mais altas do que os Estados Unidos, os preços altos prejudicam os índices de aprovação do presidente com menos de um ano pela frente antes das eleições de meio de mandato do Congresso, noticiou o jornal The Hill. Os economistas da Goldman Sachs esperam que as vendas no final do ano caiam entre 0,5% e 1,8% quando ajustadas pela inflação, devido à redução da oferta.

Por sua vez, a Casa Branca está tentando amenizar essas preocupações, dizendo que há progresso na descarga de cargas nos portos de Los Angeles e Long Beach, onde já há 32% menos contêineres esperando do que no início do mês.

jha/avr/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.