28 de November de 2021

NOTICIAS

Guterres vai participar de uma cerimônia solene para paz na Colômbia

Colombia, paz, ceremonia, GUterres, participación

Guterres vai participar de uma cerimônia solene para paz na Colômbia

Bogotá, 24 nov(Prensa Latina) O Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, participará hoje da solenidade do quinto aniversário da assinatura do Acordo de Paz que pôs fim ao conflito armado na Colômbia.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

No ato, a Jurisdição Especial para a Paz (JEP), a Comissão da Verdade e a Unidade de Busca de Pessoas consideradas Desaparecidas entregarão ao país e à comunidade internacional um balanço de sua gestão.

Da mesma forma, serão destacados os momentos mais importantes desde a gestação da solução negociada ao conflito armado que deixou milhões de vítimas.

“O Acordo Final de Paz é uma realidade jurídica, política e ética e o Sistema Integral para a Paz, como parte central do Acordo, tem conseguido avançar em suas tarefas graças ao apoio da comunidade internacional, e de forma especial, graças ao empenho e apoio político e técnico das Nações Unidas”, afirmou o PEC em comunicado.

Acrescentou que Guterres chega ao país para endossar este apoio e testemunhar como se consolida na Colômbia o modelo inédito de justiça de transição que hoje é um exemplo para o mundo.

Nesse sentido, o Secretário-Geral da ONU se reunirá, antes da cerimônia, com os mais altos representantes daqueles órgãos.

A visita de Guterres ocorre no mesmo ano em que o Conselho de Segurança anunciou por unanimidade que a Missão de Verificação da ONU apoiará o monitoramento do cumprimento das sanções adequadas ou restaurativas impostas pelo JEP àqueles que contribuem com a verdade e reconhecem a responsabilidade, acrescentou o texto.

Participarão do ato comemorativo o ex-presidente Juan Manuel Santos e o presidente do partido Comunes, Rodrigo Londoño; vítimas do conflito, membros de tribunais superiores e representantes de corpos diplomáticos reconhecidos na Colômbia.

O Primeiro Ministro da Noruega, Jonas Gahr Støre, o Presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel; e o ex-presidente da Espanha Felipe González estarão presentes na comemoração por meio de mensagens gravadas em vídeo que serão apresentadas aos presentes, destacou o JEP.

A Colômbia hoje pode dizer que, graças ao Acordo Final de Paz, milhares de atrocidades se tornaram conhecidas pelo trabalho das instituições que integram o Sistema de Justiça Integral, destacou o texto.

Cinco anos após a assinatura do Acordo, com a deposição de armas das extintas Forças Armadas Revolucionárias do Exército Popular da Colômbia (FARC-EP), o país experimentou uma redução histórica nos índices de violência.

No entanto, a prevenção destes eventos persistentes em algumas áreas do país é impossível sem a plena implementação, pelas autoridades correspondentes, dos outros componentes-chave do acordo de paz final, como a reforma rural integral, uma abertura democrática plena e na erradicação da tráfico de drogas, enfatizou.

A cerimônia solene será acompanhada pela Filarmônica de Bogotá e pela Prefeitura desta capital com seu Conselho Superior para a Paz.

msm/otf/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.