27 de November de 2021

NOTICIAS

Israel se recusa a retornar à Unesco

Israel se recusa a retornar à Unesco

Tel Aviv, 22 nov (Prensa Latina) O governo israelense descartou hoje o retorno à Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), que deixou há uma década devido à entrada da Palestina como Estado membro.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Não vamos voltar à Unesco, disse o diretor geral do Ministério das Relações Exteriores, Alon Ushpiz, à rádio militar, reconhecendo que as autoridades estadunienses estão pensando em voltar à agência.

Em 2011, a organização das 193 países aceitou a entrada da Palestina, e um ano depois a Assembleia Geral da ONU lhe concedeu o status de Estado observador.

Nossa adesão à Unesco “influenciaria a maneira como a comunidade internacional olha para a Autoridade Nacional Palestina (ANP) e nossa posição é que a Autoridade Palestina não é um Estado”, disse Usphiz.

Após a decisão da agência, tanto Israel como seu aliado, os Estados Unidos (que forneciam 20% do financiamento da agência) deixaram de pagar suas dívidas e, portanto, perderam seus direitos de voto em 2013.

Em seguida, o ex-presidente estadunidense Donald Trump se retirou da instituição em 2019 e, embora seu sucessor Joe Biden tenha manifestado interesse em voltar, ele deve primeiro negociar com o legislativo.

Uma regra do Congresso proíbe o financiamento dos EUA a qualquer organização das Nações Unidas que conceda plena adesão a um grupo que não tenha “atributos de Estado internacionalmente reconhecidos”, uma clara referência à ANP.

Enquanto a maioria da comunidade internacional defende a criação de um Estado palestino, com Jerusalém Oriental como sua capital, as autoridades israelenses rejeitam tal possibilidade.

jf/rob/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.