3 de December de 2021

NOTICIAS

Membros da Solidariedade do Uruguai entregam 500 mil seringas a Cuba

Membros da Solidariedade do Uruguai entregam 500 mil seringas a Cuba

Montevidéu, 17 nov (Prensa Latina) O Comitê Antiimperialista Uruguaio de Solidariedade com Cuba e os povos do mundo entregou hoje simbolicamente 500 mil seringas ao embaixador da ilha, Héctor Fraginals, como um ato de despedida da missão diplomática do funcionário aqui.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em nome daquela Organização, a médica formada na ilha Janina dos Santos lembrou o abraço de José Martí aos humildes uruguaios e de Fidel Castro quando no início da revolução visitou o país sul-americano e doou 20 mil dólares em seu nome aos mais pobres e mais afetados pelas enchentes.

Também evocou centenas de exilados protegidos em tempos difíceis, como muitos estudantes ali formados em suas universidades, as milhares de próteses que favoreciam os compatriotas e as mais de 100.000 cirurgias oculares.

“Esses laços explicam que o povo uruguaio, ao romper o bloqueio, atingiu a cifra de meio milhão de seringas para doar a Cuba em uma breve campanha de solidariedade”, destacou em seu discurso.

Dos Santos destacou que apesar do crime do imperialismo contra a humanidade, Cuba surge como uma potência biotecnológica que produz suas próprias vacinas contra a Covid-19 e a primeira do mundo para crianças de dois a seis anos ou mais.

O membro da secretaria da central sindical Pit-Cnt Jorge Bermúdez considerou que é sempre motivo de orgulho acolher na sede uma atividade solidária com Cuba e destacou a figura de Martí na sala que “nos acompanha e expressa nossa concepção anti-imperialista “e aqui para a revolução cubana há ‘um amigo sincero’”.

Os organizadores do evento leram mensagens de apoio dos Capítulos Equador, Paraguai, Argentina e Cuba da Rede de Intelectuais em Defesa da Humanidade.

Em palavras de agradecimento, o embaixador cubano destacou a derrota da agressiva campanha preparada há meses nos Estados Unidos para este 15 de novembro, incluindo o violento e rude desdobramento da mídia.

Resumiu os esforços de Cuba para a fabricação de vacinas, desafiando o bloqueio e as dificuldades geradas, as altas curvas de contágio e a diminuição atual dos casos, que atestam a eficácia das fórmulas nacionais de imunização.

rgh/hr/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.