19 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Estados Unidos intensifica a agressão contra a Nicarágua

Estados Unidos intensifica a agressão contra a Nicarágua

Washington, 17 nov (Prensa Latina) O presidente americano Joe Biden intensificou hoje a agressão contra a Nicarágua, impondo novas sanções a uma das nações mais pobres do continente americano.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A Casa Branca aplicou sanções depois que a Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN) venceu as eleições de 7 de novembro que deram ao presidente constitucional Daniel Ortega um quarto mandato no cargo.

Uma declaração assinada por Biden argumenta que as ações de Ortega e da vice-presidente Rosario Murillo, assim como as de outras autoridades nicaraguenses, alegadamente “minam ou prejudicam as instituições democráticas ou impedem o retorno à democracia” no país centro-americano.

Nem Ortega nem sua esposa – e vice-presidenta – Murillo, assim como outros oficiais nicaraguenses, poderão vir aos Estados Unidos, de acordo com a proclamação de Biden.

A declaração dizia que todos os membros do governo nicaraguense, incluindo prefeitos e vice-prefeitos eleitos, assim como os secretários políticos da FSLN que participaram de “graves abusos ou violações dos direitos humanos” também serão impedidos de viajar para os EUA como imigrantes ou não-imigrantes.

A proibição se estende aos altos funcionários do judiciário, do Ministério Público e do Ministério do Interior, assim como aos membros dos ministérios, agências reguladoras e empresas paraestatais.

O subsecretário de Estado para Assuntos do Hemisfério Ocidental, Brian Nichols, disse ao Congresso ontem à noite que é necessário retirar fundos estrangeiros para o governo de Manágua no âmbito da “Lei de Renascimento” assinada por Biden na semana passada.

A lei americana facilita a imposição de sanções ao governo de Ortega para restringir os empréstimos bancários, o que aumenta o cerco comercial e financeiro contra uma das nações mais pobres da região.

Segundo analistas, a reação da Casa Branca reafirma o interesse dos EUA em tentar orientar o curso dos países da região e é vista como parte da “nova” política de Biden em relação à América Latina.

mgt/lb/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.