6 de December de 2021

NOTICIAS

Presidentes da China e dos EUA fecham seu primeiro face a face

Presidentes da China e dos EUA fecham seu primeiro face a face

Beijing, 16 nov (Prensa Latina) Os presidentes da China, Xi Jinping, e dos Estados Unidos, Joe Biden, concluíram hoje seu primeiro contato face a face, marcado pela concordância de promover relações saudáveis e estáveis entre seus países, atolados em confronto constante.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O encontro aconteceu por meio de um link de vídeo e seguiu-se a duas conversas telefônicas que os líderes mantiveram este ano, além de diversos diálogos com outras autoridades de seus governos.

Como transpareceu até agora, as partes analisaram “questões estratégicas e fundamentais” em seus laços bilaterais.

No entanto, em seu discurso inicial, Xi insistiu no respeito mútuo, na coexistência pacífica e na busca da cooperação com vantagens para todos, enquanto administram assuntos internos e assumem responsabilidades internacionais.

“Como as duas maiores economias do mundo e membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, a China e os Estados Unidos precisam fortalecer a comunicação e a cooperação… e trabalhar juntos para fazer avançar a nobre causa da paz e do desenvolvimento em todo o mundo”, disse ele.

Em sua opinião, uma relação saudável e estável entre Beijing e Washington é necessária para promover o desenvolvimento individual, salvaguardar um ambiente internacional pacífico e estável e buscar respostas eficazes aos desafios globais, como as mudanças climáticas e a pandemia de Covid-19.

Segundo nota divulgada no início das conversações, Biden manifestou vontade de ter uma conversa franca e frutífera com Xi, e destacou a responsabilidade dos dois em buscar a competição entre seus países sem entrar em conflito.

“Precisamos reconstruir o consenso, ser claros e honestos sobre nossas diferenças e trabalhar juntos em áreas de interesse mútuo, especialmente em questões globais como as mudanças climáticas. A relação entre nossos estados tem um grande impacto não só para nós, mas para o todo mundo”, disse ele.

A reunião virtual teve um primeiro momento e continuou após vários minutos de intervalo.

Cada presidente foi acompanhado por um conjunto de representantes de cargos importantes de seus executivos.

O primeiro intercâmbio presidencial foi em fevereiro e Xi enfatizou a necessidade de restabelecer vários mecanismos de diálogo para entender com atenderão as intenções políticas do outro e evitar mal-entendidos.

Também destacou a importância de administrar as diferenças quando elas existem, buscando a cooperação onde desejável, apostando no respeito mútuo e contribuindo para o combate à pandemia Covid-19, promovendo a recuperação da economia e a paz no planeta.

No entanto, exigiu que Washington seja prudente no trato de questões como Taiwan, Hong Kong e Xinjiang, entre outras, porque são internas à China e dizem respeito à sua soberania e integridade territorial.

Essas declarações fortaleceram ainda mais a posição da China de derrubar os laços com os Estados Unidos, devido ao contínuo atrito.

ymr/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.