30 de November de 2021

NOTICIAS

Cuba lidera vacinados com primeira dose anti-Covid na América Latina

Cuba, Covid-19, vacunación

Cuba lidera vacinados com primeira dose anti-Covid na América Latina

Washington, 15 nov (Prensa Latina) Cuba lidera os países latino-americanos com a maior proporção de habitantes imunizados com pelo menos a primeira dose de vacinas anti-Covid-19, informou hoje a CNN.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A mídia estadunidense citou números do site Our World In Data dizendo que 89,07 por cento das pessoas na ilha caribenha haviam recebido pelo menos uma injeção pandêmica, à frente do Chile (86,90), Uruguai (79,53) e Argentina (78,50).

Enquanto alguns países já estão encorajando doses de reforço, outros mantêm números abaixo da média global de 51,73%, disse o relatório no website da CNN em espanhol.

As taxas de vacinação diferem acentuadamente entre as regiões do mundo e mesmo entre os países latino-americanos, diz o relatório.

Em termos regionais, a América do Sul tem uma taxa média de imunização parcial de 70,53% e a América do Norte de 62,60%, segundo ela, enquanto comparada com a Espanha (81,60%), os Estados Unidos (67,38%) e a África do Sul (27,02%).

Desde que o Reino Unido administrou a primeira dose de uma vacina totalmente testada fabricada pela Pfizer/BioNTech em dezembro de 2020, dezenas de países e territórios se juntaram à corrida para inocular seus residentes contra o vírus SARS-Cov-2 que causa o Covid-19.

Os analistas observam, entretanto, que as lacunas permanecem mais de meio ano depois, e a Organização Mundial da Saúde reitera a necessidade de cooperação internacional em campanhas de vacinação e adverte que uma pandemia global requer esforços globais para acabar com ela.

mgt/znc/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.