30 de November de 2021

NOTICIAS

Economias da Ásia-Pacífico crescerão 6,0 por cento este ano

Asia Pacifico-economia

Economias da Ásia-Pacífico crescerão 6,0 por cento este ano

Wellington, 8 nov (Prensa Latina) As economias dos membros da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC) crescerão 6,0% em 2021, de acordo com um relatório publicado hoje em Wellington, o local da cúpula dos líderes do bloco.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A Análise de Tendências Regionais disse que o produto interno bruto (PIB) do bloco cresceu 8,0% no primeiro semestre deste ano, em comparação com uma contração de 3,7% no mesmo período do ano passado.

Ele ressaltou que, no entanto, o crescimento dos países e territórios membros continua a divergir e as incertezas colocadas pela pandemia de Covid-19 ainda não desapareceram, o que poderia ser agravado por decisões econômicas.

Estas incluíram uma inversão esperada das medidas de apoio fiscal e monetário implementadas pelos parceiros para recuperar suas economias.

Considerando estes e outros fatores, o relatório previu que o PIB da Ásia-Pacífico crescerá apenas 4,9%.

Outra preocupação levantada pela análise é o investimento, que caiu drasticamente na região nos últimos 20 anos e pode continuar a fazê-lo em meio ao complicado cenário pandêmico.

A inflação é um motivo adicional de preocupação: nos primeiros nove meses deste ano foi de 2,6%, em comparação com uma taxa de 1,5% em 2020.

Em uma mensagem aos participantes das reuniões de pré-cúpula na segunda-feira, a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, reafirmou que as discussões se concentrariam em “traçar um caminho para a recuperação e uma saída para a crise do século”.

Os líderes da APEC, disse ela, se apoiarão no progresso feito até agora através da revitalização econômica e da promoção de um crescimento inclusivo.

Ela disse que eles também acordarão medidas para manter as cadeias de abastecimento e acelerar o fornecimento de vacinas e suprimentos médicos para enfrentar a pandemia.

Entre as questões em pauta, também destacou a eliminação das barreiras comerciais, a digitalização da economia, o combate à mudança climática e a segurança alimentar.

Em formato virtual, como no ano passado, a Cúpula da APEC acontecerá na próxima sexta-feira e sábado com a participação dos líderes de todos os membros da APEC.

Estes são Austrália, Brunei, Canadá, Chile, China, Indonésia, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné, Peru, Filipinas, Rússia, Singapura, Coréia do Sul, Tailândia, Vietnã, Estados Unidos e os territórios chineses de Taiwan e Hong Kong.

Juntos, os parceiros representam 59 por cento do Produto Interno Bruto global e 48 por cento do comércio mundial.

mgt/asg/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.