19 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Deputados bolivianos alertam sobre golpes da oposição

Deputados bolivianos alertam sobre golpes da oposição

La Paz, 7 de nov (Prensa Latina) Os deputados bolivianos rejeitaram o pedido de greve indefinida desde segunda-feira convocada por setores de direita que pretendem relançar a aventura golpista de novembro de 2019, refletiu hoje a imprensa local.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Esse motim começou com atos semelhantes, pequenas greves e uma greve nacional, e terminou com a derrubada de um governo legal e democraticamente eleito, lembrou o deputado Héctor Arce em declarações à Agência Boliviana de Informação.

“Como em 2019, os mesmos atores repetem o mesmo roteiro para conspirar contra um governo constitucional e democraticamente eleito”, acrescentou o deputado pelo departamento de Cochabamba.

Arce declarou que face à repetição destas ações de sedição e conspiração “temos os nossos meios, mecanismos de organização e coordenação para, num quadro semelhante ao do direito de protesto, defender o nosso Governo”.

Também o fizeram em 8 de novembro de 2020 – acrescentou ele – quando o presidente Luis Arce e o vice-presidente David Choquehuanca tomaram posse, “os mesmos protagonistas dos violentos eventos de 2019 começaram a engendrar um novo plano de desestabilização”.

O deputado atribuiu esses eventos aos parlamentares da oposição que implementam a mesma receita de desgaste contra as autoridades constitucionais.

Por seu turno, o presidente da Câmara dos Deputados, Freddy Mamani, afirmou que existe uma clara intenção de desestabilizar o Executivo, tal como o fez em 2019.

Os que estão por trás – avaliou – são os que querem desestabilizar a democracia. Há uma clara intenção política de prejudicar sindicalistas, transportadores e outros setores com a greve.

“O que eles procuram – enfatizou – é sabotar a reativação econômica”.

Outro deputado contra a greve, Ányelo Céspedes, denunciou a Comissão Cívica de Santa Cruz, chefiada pelo seu governador, Luís Fernando Camacho, “que continua a tentar realizar um segundo golpe”, advertiu.

O legislador condenou que um setor minoritário como aquela instância “ousa pedir a renúncia do nosso presidente Luis Arce, que venceu as eleições gerais com mais de 55 por cento”.

Para Céspedes, assim como em 2019, o desemprego afetará a maioria da população, que vive da renda diária.

“Não é hora de paralisar a Bolívia. Eu me pergunto o que vai fazer um pedreiro, um sindicalista, um padeiro se houver uma greve? Por atacar o governo nacional, tudo o que eles estão fazendo é atacar o povo”, frisou.

oda / apb/ mmd

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.