23 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Renúncia do primeiro-ministro do Líbano prevista

Líbano, primer, ministro, renuncia

Renúncia do primeiro-ministro do Líbano prevista

Beirute, 6 nov (Prensa Latina) A paralisação do governo no Líbano pode levar à renúncia do primeiro-ministro Najib Miqati, incapaz de encontrar meios de conter o anunciado colapso financeiro e econômico, destacou hoje a versão online do diário al-Liwaa.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O jornal chama isso de Plano B, comentando que talvez as etapas para a renúncia comecem na próxima semana.

Miqati assumiu o cargo em setembro passado, depois de mais de um ano ficando ao lado de Hassan Diab, oprimido pelas consequências da explosão no porto de Beirute.

Até agora, não foi capaz de conter o desastre econômico com uma dívida externa equivalente a mais de 170% do PIB, uma desvalorização da moeda de mais de 100% em relação ao dólar e quase 80% dos libaneses abaixo da linha da pobreza.

Nos últimos dois meses, a crise se agravou devido à escassez de combustíveis e, em seguida, ao levantamento dos subsídios que aumentaram a inflação em quase 500%.

O déficit de geração de energia elétrica também se acentuou com a cobertura do serviço de apenas uma ou duas horas por dia.

E agora, a crise diplomática com a Arábia Saudita e outros países da península Arábica que cortaram as importações libanesas, em reação às declarações do ministro da Informação, George Kordahi, sobre a guerra no Iêmen.

Analistas dizem que o Plano B de Miqati está a caminho.

jcm / arc/ ml

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.