3 de December de 2021

NOTICIAS

Iraque acordou tenso e calmo

Iraque acordou tenso e calmo

Bagdá, 6 nov (Prensa Latina) O Iraque acordou hoje com uma calma tensa, após protestos massivos contra os resultados das eleições parlamentares de 10 de outubro, que deixaram um morto e mais de 120 feridos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em uma mensagem nas redes sociais, o presidente Barham Salih observou que as manifestações pacíficas são um direito constitucional, mas nunca devem ser descarriladas para a violência.

“A segurança pública é um dever nacional e todos devem exercer moderação acima de tudo”, disse ele.

Por sua vez, o primeiro-ministro Mustafa Al-Kazemi encorajou uma investigação completa sobre os eventos que ocorreram nas áreas ao redor da Zona Verde da capital, onde ocorreram os confrontos.

Al-Kazemi fez um apelo aos partidos políticos para evitar confrontos e recorrer ao diálogo.

Enquanto isso, o secretário-geral do grupo Asa’ib Ahl al-Haq, Qais al-Khazali, condenou o uso de munição real usada pelas forças de segurança contra os manifestantes.

“Aqueles que atiraram, mataram e feriram participantes dos protestos, bem como aqueles que emitiram essas ordens, sejam eles quem forem, devem ser responsabilizados”, disse ele.

Al-Khazali alertou contra as tentativas de agências de inteligência que planejam bombardear a Zona Verde e culpar as facções da Resistência.

Nesta sexta-feira, uma multidão de opositores ao resultado das eleições legislativas tentou fechar as portas da citada capital e as forças de segurança usaram gás lacrimogêneo e canhões de água para dispersá-la.

jcm / arc/ ml

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.