6 de December de 2021

NOTICIAS

Central sindical do Uruguai no Congresso estrelada na semana

Uruguay-PIT-CNT

Central sindical do Uruguai no Congresso estrelada na semana

Montevidéu, 6 nov (Prensa Latina) A única central sindical do Uruguai, Pit-Cnt, encerrou hoje com seu XIV Congresso Nacional uma semana de marcante destaque diante da reforma social reacionária, da libertação de ex-repressores e da hostilidade governamental.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Durante dois dias de sessões, 1.143 delegados de 61 filiados analisaram os problemas e desafios que os trabalhadores enfrentam, os quais traduzirão em um documento final com um olhar para o futuro sob o lema Uma classe, uma perspectiva e pela unidade, solidariedade e luta.

Na segunda-feira, seu secretário-geral, Marcelo Abdala, criticou um discurso antipessoal e antissindical do governo ao destacar os resultados das eleições para o Conselho Diretivo da Educação (Codicen), vencidas por representantes sindicais.

Um deles, a Federação Nacional dos Professores (Fenapes), entrou com denúncia na Organização Internacional do Trabalho (OIT) pelo caso de 15 professores afastados de seus cargos no departamento de San José, no que considera uma perseguição política.

A central entrou no dia seguinte à rejeição do projeto do partido Cabildo Abierto de conceder prisão domiciliar a ex-repressores da ditadura passada presos (1973-1985).

Seu Conselho Representativo declarou que se oporá aos que cometeram crimes contra a humanidade, que incluem tortura, abuso sexual, assassinato e apropriação de crianças e bebês e publicou uma lista dos 27 ex-militares condenados e seus delitos que procuram beneficiar.

No meio da semana, organizações sindicais e populares manifestaram-se contra o que consideram uma reforma reacionária da previdência social, na Plaza de la Independencia desta capital.

Eles resumiram sua rejeição em seis pontos que começam com a eliminação dos questionados Administradores de Fundos de Poupança de Pensões (AFAP) no sistema misto geral, que são onerosos para o país e lucrativos para entidades privadas.

Também se opõem ao aumento da idade de aposentadoria para 65 anos, inviável para os trabalhadores do campo, mineiros, portuários e domésticos, ao mesmo tempo em que exigem financiamento por meio do aumento das contribuições patronais e do imposto de capital.

De acordo com dados atualizados do Instituto Nacional de Estatística, o desemprego era de 8,4 por cento para os homens e 10,5 para as mulheres.

Por outro lado, ao se observar as características dos ocupados, estima-se que “10,4% estão subempregados, enquanto a não inscrição na segurança social do trabalho principal se cifrou em 22,4%”.

O presidente do Pit-Cnt de licença, Fernando Pereira, renunciou ao Congresso, em discurso de despedida ao movimento sindical com “sentimentos contraditórios, por cumprir uma longa tarefa, por décadas e saber que tudo acabou”, para se dedicar ao a candidatura para presidir a Frente Ampla, para votação em 5 de dezembro.

jcm / hr/ ml

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.