7 de December de 2021

NOTICIAS

Medvedev com sua primeira aparição no Masters de tênis de Paris

tenis, Daniil Medvedev, torneo, Masters, París

Medvedev com sua primeira aparição no Masters de tênis de Paris

Paris, 3 nov (Prensa Latina) O tenista russo Daniil Medvedev, atual campeão, fará hoje sua primeira apresentação no Masters mil desta capital contra o bielorrusso Ilya Ivashka pela segunda rodada.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Medvedev, número dois da classificação profissional, foi dispensado da fase inicial devido a sua condição de segundo cabeça de série, enquanto Ivashka venceu o espanhol Albert Ramos por 6-3 e 7-6 (7/2).

O jogador de Minsk conquistou este ano em Winston Salem, nos Estados Unidos, o primeiro e até agora único troféu de sua carreira e apenas uma vez jogou contra o Medvedev, na Copa Davis de 2018, com vitória de Ivashka por parciais de 7-6 ( 7/2) e 6-4.

Na rodada de terça-feira, o argentino Diego Schwartzman estreou com uma vitória sobre o australiano John Millman por 7-6 (7/2), 5-7 e 6-2 para acessar o segundo turno.

Número 15 na classificação profissional e primeira raquete latino-americana, o sul-americano somou sua segunda vitória contra Millman e assim chegou a 38 vitórias nesta temporada, na qual já conquistou um título (Buenos Aires).

Schwartzman quatro vezes conseguiu um ponto de quebra no primeiro set e igual quantidade de ocasiões o devolveu Millman para empatar o placar e estender a decisão para o tie-break.

O argentino marcou um ponto direto contra os quatro do derrotado e concretizou 8 rupturas em 13 oportunidades, contra aos sete de Millman em 16 possibilidades.

Agora Schwartzman enfrentará o estadunidense Marcos Giron, que venceu seu compatriota Frances Tiafoe por 6-7 (5/7), 6-4 e 6-3.

O outro jogador argentino na principal atração do torneio, Federico Delbonis, perdeu por 2-6 e 1-6 para o britânico Cameron Norrie.

Além disso, o sérvio Novak Djokovic, número um do tênis do mundo, voltou às quadras com uma vitória sobre o húngaro Marton Fucsovics por 6-2, 4-6 e 6-3.

Quase dois meses depois de cair na final do Aberto dos Estados Unidos, Djokovic voltou com a ambição de manter a primeira posição no ranking profissional.

No torneio norte-americano, o balcânico ficou a um jogo de vencer os quatro Grand Slam em um mesmo ano e quebrar a igualdade que mantém com o suíço Roger Federer e o espanhol Rafael Nadal, todos com 20 títulos.

Se conquistar o sexto troféu ou se for além do russo Daniil Medvedev na gala, vai superar o recorde do estadunidense Pete Sampras, que terminou seis temporadas na liderança do ranking.

Djokovic já selou sua qualificação para as oitavas de final e agora enfrenta o vencedor da partida entre os franceses Adrian Mannarino e Gael Monfils.

oda/am/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.