30 de November de 2021

NOTICIAS

Pedem no Uruguai para proteger menores devido à chegada de turistas

infancia

Pedem no Uruguai para proteger menores devido à chegada de turistas

Montevidéu, 2 nov (Prensa Latina) As agências uruguaias para crianças, adolescentes e mulheres pediram hoje a avaliar os riscos de exploração sexual com a chegada de turistas e torcedores para os próximos campeonatos de futebol da Sul-americana e Libertadores.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

As autoridades preveem a chegada de cerca de 30 mil brasileiros para as datas de 20 e 27 de novembro, quando os respectivos jogos finais serão disputados entre equipes da mesma origem altamente rivais.

O presidente do Instituto da Criança e do Adolescente, Pablo Abdala, pediu ao Comitê Nacional para a Erradicação da Exploração de Menores uma avaliação especializada dos riscos reais.

Por sua vez, a diretora do Instituto da Mulher, Mónica Bottero, advertiu contra as tentativas de recrutar meninas em situações de vulnerabilidade econômica e psicológica em troca de dinheiro ou através de atos de deslumbramento para que elas entrem em uma rede de exploração.

Lembrou à imprensa que o sistema de justiça no Uruguai criminaliza este tipo de relação com menores, mesmo que seja consensual, independentemente da vítima ter ou não conhecimento disso.

O Ministério Público acusou 30 pessoas, profissionais solventes ligados a partidos pró-governamentais, por este crime na chamada Operação Oceano, em 2019, que detectou uma rede de encontros em apartamentos em Montevidéu e Punta del Este.

Como resultado deste processo judicial, que ainda está em andamento, foi acordado um protocolo de ação preventiva para os operadores turísticos, que deverá ser reativado com a reabertura das fronteiras para estrangeiros.

jha/hr/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.