17 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Segundo dia da assembleia dos povos indígenas na Bolívia

Segundo dia da assembleia dos povos indígenas na Bolívia

La Paz, 29 out (Prensa Latina) A XV Assembleia Geral do Fundo para o Desenvolvimento dos Povos Indígenas da América Latina e do Caribe (Filac) realizará hoje seu segundo dia de sessões sobre temas como saúde, mudança climática e Covid-19.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A reunião, realizada virtual e pessoalmente, continuará seus debates na sexta-feira sobre o plano de ação para as comunidades indígenas e aprovará acordos e resoluções.

A agenda inclui a eleição da nova diretoria e futuras ações contra a pandemia da Covid-19, incluindo a aplicação da medicina natural, de acordo com a Agência Boliviana de Informação.

No dia anterior, o Presidente Luis Arce inaugurou a reunião da Filac, uma organização internacional criada em 1992 pela Segunda Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado e de Governo, realizada em Madri, Espanha.

A autoridade denunciou em seu discurso de abertura que o golpe de Estado de 2019 na Bolívia quebrou a ordem constitucional e atacou as nações originárias.

O golpe de Estado afetou a democracia e os direitos dessas comunidades, acrescentou o presidente.

O líder boliviano lembrou que o colapso da democracia naquele ano ‘consumou a perseguição, discriminação, humilhação, humilhação e tortura, e levou à morte de 38 pessoas’.

A organização e mobilização dos povos camponeses, indígenas e nativos, explicou ele, resgatou a democracia através das eleições realizadas um ano depois (18 de outubro de 2020), que elegeram um representante do governo do povo.

O presidente lembrou que os tempos mudaram e a construção de um sentido plurinacional nos estados da América Latina e do Caribe ‘deve ser o horizonte do presente’.

Arce exortou os povos indígenas dos países membros da Filac e os participantes em geral a exigirem seu reconhecimento e ‘pôr um fim à estagnação do colonialismo interno’.

Ele também exortou os nativos a ‘tirar a armadura do monoculturalismo, ao qual temos sido submetidos por muitos séculos’.

Por sua vez, a Confederação Nacional das Mulheres Camponesas Indígenas Bartolina Sisa solicitou a inclusão de alternativas sobre desenvolvimento, economia e turismo comunitário nas sessões.

‘A Filac tem o desafio de abordar questões como estas, que são importantes e urgentes para os povos indígenas’, declarou a secretária desta organização de mulheres, Flora Aguilar, representando a aliança nacional de organizações agrárias, Pacto de Unidad (Pacto de Unidade).

jha/apb/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.