28 de November de 2021

NOTICIAS

Frente de Tigray dificulta assistência humanitária na Etiópia

Frente de Tigray dificulta assistência humanitária na Etiópia

Addis Abeba, 29 out (Prensa Latina) A Frente de Libertação Popular de Tigray (TPLF) está bloqueando a assistência humanitária a cerca de 23 mil deslocados em Afar, um estado regional localizado no nordeste da Etiópia, denunciaram hoje autoridades da jurisdição.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A organização – classificada como terrorista – ocupou a área de Chifra, onde está localizado o principal centro de armazenamento de artigos de necessidade básica, disse o representante do Escritório de Prevenção de Desastres e Segurança Alimentar do estado, Mohammed Abdlla.

Não podemos acessá-los para entregá-los aos cidadãos necessitados e essa é uma das razões pelas quais os esforços de socorro não são mais eficazes, explicou.

As limitações de transporte e o aumento contínuo de pessoas deixando suas casas também dificultam o trabalho de voluntários e organizações da região, disse Abdlla em uma aparição pública.

Quase 23.000 pessoas, disse ele, estão protegidas no acampamento de Ibay Waedal, das quais cerca de 15.000 são crianças e mulheres, e não recebem suprimentos humanitários suficientes.

Coordenamos com várias organizações, em colaboração com o Programa Mundial de Alimentos, relatou, e instamos as entidades não governamentais nacionais e internacionais a aumentar a ajuda a esses cidadãos.

Desde novembro de 2020, as forças governamentais estão em confronto armado com a TPLF (sigla em inglês), organização acusada de subverter a ordem constitucional e de violar os direitos humanos, entre outros crimes, e declarada terrorista pelo Parlamento.

As autoridades federais decretaram um armistício em junho passado para facilitar o trabalho agrícola e os esforços humanitários em Tigray, mas a Frente o rejeitou e estendeu sua criminalidade aos estados de Afar e Amhara.

Nessas regiões, o grupo tornou civis, plantações, gado e instituições públicas alvos de seus ataques, de acordo com o governo, que instou a comunidade internacional a repudiar os crimes e estender a assistência humanitária a ambos os territórios.

acl / raj / hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.