30 de November de 2021

NOTICIAS

Bolívia repudia retenção ilegal de jornalistas

Bolívia repudia retenção ilegal de jornalistas

La Paz, 29 out (Prensa Latina) A Bolívia repudiou hoje a retenção ilegal de jornalistas, já libertados, perpetrada por grupos desconhecidos na província de Guarayos, departamento de Santa Cruz.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O Ministro de Governo, Eduardo Del Castillo, destacou que este tipo de conduta não será tolerada e o direito à propriedade privada e o respeito à vida humana prevalecerão em todo o território nacional.

A vice-ministra da Comunicação, Gabriela Alcón, confirmou no Twitter que os presos foram libertados e estão fora de qualquer perigo, mas – sentenciou – não permitirão “situações semelhantes, de onde venham, que colocam a vida e os direitos dos bolivianos em risco”.

Vários meios de comunicação informaram ontem que um grupo de jornalistas, camponeses e representantes da Associação dos Produtores de Oleaginosas e Trigo foi detido por um grupo de desconhecidos que assaltaram a propriedade de Las Londras.

Segundo o jornal Opinión, os jornalistas foram transportados ao local pela referida Associação para fazer a cobertura informativa no local onde um dia antes um grupo criminoso portando armas de fogo invadiu a propriedade de Las Londras, apreendeu combustível e feriu quatro trabalhadores a bala.

acl / dla / hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.