6 de December de 2021

NOTICIAS

Presidente do Parlamento do Haiti pede renúncia do primeiro-ministro

Presidente do Parlamento do Haiti pede renúncia do primeiro-ministro

Porto Príncipe, 27 out (Prensa Latina) O presidente da Assembleia Nacional do Haiti (Parlamento), Joseph Lambert, pediu hoje a demissão do primeiro-ministro Ariel Henry e condenou o silêncio do chefe de governo durante esta grave crise.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Lambert, que fez pressão para que Henry liderasse o país, e até agendou um juramento presidencial na sede legislativa, exigiu um acordo global que permitisse ao país superar a situação atual.

‘Ou os bandidos depõem suas armas, ou o Estado se encarregará de restaurar a lei e a ordem nos bairros’, disse o deputado no programa de rádio Magik 9 e defendeu o uso da força para restabelecer a autoridade do Estado.

O neurocirurgião tomou posse em julho, duas semanas após o assassinato do Presidente Jovenel Moïse, e enfrenta um recrudescimento da violência e do controle de quadrilhas armadas que levou a uma complexa crise de combustível.

Hospitais, centros de ambulância, instituições produtoras de oxigênio, companhias telefônicas, empresas de purificação de água, entre outros, já anunciaram que a escassez de combustível interromperá seus serviços a curto prazo, afetando milhões de pessoas.

Enquanto isso, o líder da federação do G-9 e Aliados, Jimmy Cherizier (Barbacue) ameaçou continuar bloqueando a distribuição de combustível se o primeiro-ministro permanecer no cargo.

Durante vários meses, gangues armadas têm interrompido o fornecimento de petroleiros, limitando o acesso a terminais petrolíferos na área metropolitana de Porto Príncipe.

A situação tem incentivado o contrabando de combustível na fronteira com a vizinha República Dominicana.

Em meio a esta crise, o primeiro-ministro permanece em silêncio e se limitou a substituir o chefe da polícia, Leon Charles, enquanto os sindicatos estão pressionando pelo terceiro dia consecutivo de uma greve geral para exigir que Henry assuma suas responsabilidades.

mem/ane/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.