8 de December de 2021

NOTICIAS

Solicitam eliminar as restrições sanitárias do Panamá aos turistas no

Solicitam eliminar as restrições sanitárias do Panamá aos turistas no

Panamá, 24 de out (Prensa Latina) A Associação de Hotéis do Panamá (Apatel) pediu ao Ministério da Saúde (Minsa) que levante as restrições sanitárias aos viajantes dos Estados Unidos, em prol do turismo, como se sabe hoje.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em comunicado da Apatel divulgado nas redes sociais, afirma-se que esta ‘se junta ao apelo de outros sindicatos privados que têm levantado a voz para solicitar às autoridades sanitárias o levantamento da medida que coloca os Estados Unidos na lista das nações de alto risco. Para o pandemia ‘.

Em resposta ao pedido, o ministro da filial, Luis Francisco Sucre, esclareceu que o ‘bom controle’ da pandemia Covid-19 que o país vive no momento não pode ser perdido com total flexibilidade.

‘Os próprios Estados Unidos mantêm suas medidas, exigem que todos com todos os motivos no mundo, exigem que se você for aos Estados Unidos tenha que se vacinar, a Europa também exige’, argumentou o chefe, segundo um relatório pelo canal Telemeter.

Ele insistiu que ‘temos que cuidar bem do que alcançamos, o Panamá atualmente tem um bom controle da pandemia, o que não podemos fazer é perder o que já conquistamos’.

O Panamá mantém uma pontuação de países como de ‘alto risco’, portanto esses viajantes devem apresentar um esquema de vacinação completo ou, caso não o façam, terão quarentena de 72 horas em um hotel previamente reservado por eles e teste negativo ao final ou isolamento. A Câmara de Turismo (Camtur) também apoiou a Apatel em sua demanda, pois a medida provoca o cancelamento de reservas de passageiros e grupos americanos com destino ao Panamá, não só para o final do ano, mas também para a alta temporada de 2022.

‘Podemos observar que os casos nos Estados Unidos continuam diminuindo e ao mesmo tempo têm um percentual significativo de sua população vacinada. Este mercado tem sido historicamente nossa principal fonte de visitantes ao Panamá, além de ser o maior turista no país ‘, disse Camtur.

Após um estreito cordão sanitário para o ingresso de estrangeiros em seu território, a nação nortenha mudará seus requisitos de ingresso para estrangeiros a partir de 8 de novembro, permitida para quem apresentar comprovante de vacinação completa, embora adicionalmente deva ter teste negativo antes de embarcar em seu vôo.

As vacinas aceitas como válidas nos Estados Unidos são aquelas aprovadas por suas autoridades sanitárias e aquelas incluídas na lista de emergência da Organização Mundial da Saúde, que são: Pfizer / BioNtech, AstraZeneca, Janssen, Moderna, Sinopharm e Sinovac-Coronavac.

Relatos das últimas horas confirmam que a curva de contágio no norte do país mantém tendência de queda e na parte de ontem foram contabilizados 29.824 casos novos e 1.513 óbitos, após uma onda forte com último pico há apenas 10 dias, além disso, 57% da população está vacinada, de acordo com o The New York Times.

jcm / orm / sc/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.