19 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Terceira dose de vacina da Covid-19 autorizada na Costa Rica

Terceira dose de vacina da Covid-19 autorizada na Costa Rica

San José, 22 out (Prensa Latina) Os funcionários que trabalham na linha de frente da resposta à pandemia de Covid-19 que completaram seu cronograma de vacinação poderão receber uma terceira dose do imunizante AstraZeneca.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A decisão da Comissão Nacional de Vacinação e Epidemiologia (CNVE) especifica que esses funcionários que completaram seu esquema de proteção em duas doses contra a Covid-19, seja com a biologia do consórcio Pfizer/BioNTech ou da empresa farmacêutica AstraZeneca, podem aplicar a terceira porção do segundo imunógeno.

Esta terceira parte é voluntária e pode ser injetada a partir de segunda-feira, sendo que a única exigência é que tenham passado seis meses desde a conclusão da imunização contra a doença, que é causada pelo coronavírus SARS-CoV-2.

O comunicado de imprensa do CNVE insiste que ‘esta terceira dose é completamente opcional e que, antes de recebê-la, deve ficar claro para as pessoas interessadas que atualmente não há nenhuma evidência científica publicada sobre a eficácia deste tipo de vacina como terceira dose, mas também nenhuma consequência negativa’.

Entretanto, os membros da CNVE foram enfáticos quanto à existência de uma base científica para o benefício potencial ao combinar a replicação de vacinas vetoriais virais (como a AstraZeneca) com a tecnologia RNA de mensageiro (como a Pfizer).

O órgão também concordou em ampliar as vacinas aprovadas para a entrada de turistas na Costa Rica para incluir as aprovadas pela Organização Mundial da Saúde, além daquelas aprovadas pelas agências reguladoras rigorosas previamente admitidas.

Ele explicou que isto se aplica às pessoas que, estando totalmente vacinadas contra a Covid-19 (15 dias após completar o esquema de proteção), podem entrar no país sem adquirir um seguro médico, um requisito obrigatório para todos os indivíduos que não preencham esta condição. Quanto à vacinação na Costa Rica, dados do Sistema Integrado de Vacinas (SIVA) mostram que desde 24 de dezembro de 2020, quando a vacinação começou aqui, até segunda-feira, as equipes técnicas do Fundo Costarriquenho de Seguridade Social aplicaram seis milhões de 124.445 doses dos produtos biológicos contra o Covid-19.

Segundo a SIVA, 3.597.302 receberam as primeiras doses, o que representa 84% da população a ser vacinada – aqueles com mais de 12 anos de idade – enquanto 59% – 2.527.143 pessoas – já têm o esquema completo de proteção contra a doença.

A meta da Costa Rica é atingir a imunidade do rebanho (70% da população total do país, estimada em 5,163 milhões) contra o SARS-CoV-2 até o final de 2021.

jha/ale/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.