22 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Cuba e a RPDC relembram a visita de Raúl Castro a Pyongyang

Cuba e a RPDC relembram a visita de Raúl Castro a Pyongyang

Havana, 20 out (Prensa Latina) Cuba e a República Popular Democrática da Coréia (RPDC) lembram hoje a primeira visita do general do Exército Raúl Castro, há 55 anos, à nação asiática, símbolo dos históricos laços bilaterais.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O então Ministro das Forças Armadas Revolucionárias de Cuba viajou à RPDC junto com o presidente cubano Osvaldo Dorticós, entre 26 e 29 de outubro de 1966, a convite das mais altas autoridades coreanas.

Durante sua estada em Pyongyang, os dirigentes cubanos transmitiram uma mensagem de admiração ao povo coreano e aos dirigentes daquele país, que os receberam com grandes expressões de amizade e afeto.

A estada de Raúl Castro (presidente do Conselho de Estado e de Ministros de 2008-2018 e primeiro secretário do Partido Comunista de Cuba de 2011-2021) é lembrada no 60ú aniversário das relações diplomáticas, concluído em 2020, em meio a crescentes laços de amizade, solidariedade e colaboração.

A Prensa Latina e a Agência Central de Notícias da Coréia inauguraram hoje uma exposição virtual com imagens que demonstram os sólidos laços bilaterais.

Cuba e a RPDC mantêm estreita cooperação mútua e concordam em questões internacionais, incluindo a condenação norte-coreana do bloqueio que os Estados Unidos exercem há mais de seis décadas contra Cuba, enquanto Havana defende a paz na península coreana.

Pyongyang foi visitada inicialmente, em 1960, pelo Comandante Ernesto Che Guevara, na qualidade de Ministro da Indústria; em 1986, pelo líder histórico da Revolução, Fidel Castro; e, em 2018, pelo atual presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel.

Depois de se encontrar com o líder coreano Kim Il Sung, Fidel Castro destacou que sua firmeza ‘transformou o heroísmo da guerra no heroísmo não menos importante do trabalho altruísta, disciplinado e diário, do qual surgiu uma indústria desenvolvida, um impressionante esforço construtivo e agricultura moderna e eficiente ‘.

Em 2018, Díaz-Canel foi recebido em Pyongyang pelo líder Kim Jong-un, em meio a uma massiva concentração popular e, perante a ONU, saudou o diálogo intercoreano para a conquista de uma paz duradoura, reconciliação e estabilidade da região.

Também condenou a imposição de sanções unilaterais injustas contra a RPDC e a interferência externa nos assuntos coreanos.

oda/jl/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.