6 de December de 2021

NOTICIAS

A província de Cuba abre o caminho para as MPMEs

A província de Cuba abre o caminho para as MPMEs

Por Fidel Alejandro Manzanares
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Camagüey, 19 out (Prensa Latina) Nesta cidade com grande potencial para o desenvolvimento de Cuba, o ChefMigue abriu hoje o caminho na estratégia das micro, pequenas e médias empresas (MSMEs), endossada pelo Ministério da Economia e Planejamento.

A experiência que se tornou um ator importante na economia do país é uma iniciativa ligada à produção de alimentos, especialmente carne, embutidos, produtos de macarrão e derivados de farinha, na província com a mais longa tradição pecuária do país.

Em entrevista exclusiva à Prensa Latina, Miguel Sánchez, chefe do projeto, expressou suas esperanças de que o negócio esteja pronto em novembro, ’embora o país esteja progredindo em questões legais, é algo novo e precisa ser aperfeiçoado porque eu vejo o futuro aqui’.

Sua experiência como chef ligado há mais de duas décadas ao setor de turismo e com um histórico na produção de massas artesanais na região piemontesa da Itália, catapultou o empresário cubano.

‘Desde os anos 90 eu conheço as PMEs e hoje eu confio em modelos do Chile, México e até da Venezuela, e elas funcionam, embora tenhamos que adaptá-las à realidade cubana, que precisa delas acima de tudo no turismo e para promover os pequenos produtores’, disse Sánchez.

Aos 52 anos de idade e à frente de uma empresa familiar, o empresário está a caminho de se registrar no escritório de advocacia correspondente, ações que se somam à importação de máquinas precisamente em solo italiano.

‘O setor privado está consciente do processo e da necessidade de substituir importações e gerar moeda estrangeira, até mesmo meus próprios funcionários poderiam receber uma parte em moeda estrangeira, e um bom investimento ajuda tanto o Estado quanto o setor privado’, diz ele.

A geração de novos empregos, a diversificação da economia e a expansão da finalidade social deste tipo de empresa ‘são as questões fundamentais para crescer verdadeiramente como país e nos atualizar’, disse ele.

A aspiração de Miguel Sánchez é poder fornecer uma gama de mais de 10 tipos de carne para toda a região leste de Cuba, desde Ciego de Ávila, particularmente o setor turístico, a locomotiva do desenvolvimento na maior das Antilhas.

Cuba, que tem a missão de revitalizar sua economia, está olhando para o futuro na criação de micro, pequenas e médias empresas, assim como de cooperativas não agrícolas.

mem/fam/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.