17 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Rússia defende sua integridade em meio à batalha dos preços do gás

Rússia defende sua integridade em meio à batalha dos preços do gás

Moscou, 16 out (Prensa Latina) A Rússia permanece no centro das acusações sobre os altos preços do gás na Europa, apesar das repetidas declarações e demonstrações de cumprimento estável de seus contratos no exterior.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A associação de Moscou com a solução do problema é tal que o nome do presidente russo Vladimir Putin e do país vem à tona em todas as discussões internacionais sobre o assunto que vem à tona. Não importa que ontem o primeiro vice-presidente da Comissão Europeia Frans Timmermans tenha assegurado ao canal de televisão BTV que a Gazprom da Rússia cumpre plenamente os contratos de longo prazo de fornecimento de gás ao bloco da UE e não manipula os preços nesse mercado.

Na quarta-feira passada, durante seu discurso no fórum da Semana Russa da Energia, Putin havia dito o mesmo, acrescentando que o país nunca recusou novos pedidos de seus parceiros, mesmo fora dos contratos.

‘Nos períodos difíceis de outono e inverno dos últimos anos, se nossos parceiros nos pedissem para aumentar os suprimentos, mesmo além de nossas obrigações contratuais, sempre o fazíamos’, disse ele no evento.

Ele disse que a estabilidade e a previsibilidade são importantes para qualquer mercado e insistiu que a Rússia está trabalhando firmemente para fortalecer a segurança energética de todo o continente europeu nos próximos anos.

Ele deu como exemplos os projetos de infraestrutura Turkish Stream, Balkan Stream, Nord Stream 1 e Nord Stream 2, implementados em conjunto com empresas europeias, o que levará a uma redução significativa na produção de gases de efeito estufa.

O chefe de Estado destacou que a Gazprom da Rússia produz mais de 500 bilhões de metros cúbicos de gás, ‘a produção está crescendo e continuará a crescer’, enquanto suas reservas excedem 35 trilhões de metros cúbicos.

Ele advertiu que enquanto as acusações continuam a ser feitas à Rússia por desestabilizar os preços dos combustíveis, o país está aumentando o abastecimento da Europa, que atualmente gera cerca de 54 bilhões de metros cúbicos de gás por ano.

‘A produção está caindo, tanto no Reino Unido, como na Holanda e na Noruega, e pelo que parece, continuará caindo’, disse ele.

‘Há todas as condições para atingir um volume recorde de fornecimento de gás no mercado mundial até o final do ano. Além disso, sempre encontramos nossos parceiros na metade do caminho e estamos prontos para discutir outras ações’, enfatizou ele. O presidente russo advertiu que os altos preços da energia podem ter consequências negativas para todos, incluindo as empresas produtoras, pois um aumento drástico empurrará o consumo para baixo e, portanto, diminuirá a produção.

mem/mml/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.