30 de November de 2021

NOTICIAS

Irã pede a unidade islâmica

Irã pede a unidade islâmica

Teerã, 16 out (Prensa Latina) O Irã apelou hoje à unidade islâmica para contrariar planos divisórios que levam a ataques mortais como o desta sexta-feira em uma mesquita xiita em Kandahar, Afeganistão.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em uma declaração, o Ministério das Relações Exteriores iraniano advertiu contra projetos antimuçulmanos que exigem unidade e integridade para evitar a violência e o extremismo em nome do Islã.

Mais de 60 pessoas foram mortas em três explosões consecutivas que atingiram o templo Bibi Fátima durante as orações de sexta-feira, uma das maiores tragédias da cidade do sul do Afeganistão.

O ataque do dia anterior veio apenas uma semana depois de outro no centro da cidade de Kunduz, reivindicado pelo autodenominado grupo terrorista Daesh que matou cerca de 150 pessoas e feriu outras dezenas.

A nota do Ministério das Relações Exteriores iraniano alude às opiniões dos analistas sobre as conspirações dos EUA para minar o governo talibã, cujos combatentes expulsaram os militares americanos após 20 anos de ocupação.

Em qualquer caso, o texto enfatiza a necessidade de tomar medidas extremas para proteger os centros religiosos xiitas e sunitas contra grupos radicais que mancham a palavra sagrada do Islã.

msm/arc/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.