7 de December de 2021

NOTICIAS

Rússia atenta para a dívida dos EUA

Rússia atenta para a dívida dos EUA

Moscou, 14 Out(Prensa Latina) O presidente Vladimir Putin destacou que a Rússia acompanha de perto o crescimento da dívida dos Estados Unidos, em entrevista à imprensa daquele país publicada hoje pelo site oficial do Kremlin.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em declarações ao jornalista Hadley Gamble, do canal de televisão CNBC, o presidente disse que tomarão todas as medidas necessárias para garantir os seus interesses financeiros de longo prazo.

Ele alertou que Washington está tratando do aumento do teto da dívida pública com a emissão de dinheiro, o que implica um aumento da inflação a uma taxa que não cresce há muito tempo. ‘São razões econômicas que de alguma forma minam a confiança na moeda’, comentou.

Segundo Putin, todos estão se perguntando o que as autoridades americanas farão com sua dívida colossal: ‘manipular o dólar, diminuir seu valor, o que fazer com a dívida?’, pergunta a Rússia.

Por outro lado, considerou que a Casa Branca comete um grande erro ao usar o dólar como instrumento de pressão contra outros países, uma vez que dificulta o pagamento nessa moeda dos produtos sancionados.

‘É simplesmente impossível obtermos dinheiro de clientes por produtos fornecidos em dólares. A que isso leva? Não temos outra opção, temos que mudar para liquidações em outras moedas’, esclareceu.

O chefe de estado alertou que seu país está limitando o uso da moeda norte-americana, tanto nas reservas quanto nos pagamentos.

Ele explicou que, com tais medidas, Washington está truncando a vantagem competitiva absoluta do dólar como moeda de reserva universal. ‘No interesse de uma situação política momentânea, eles prejudicam seus interesses econômicos estratégicos’, disse ele.

Ele destacou que, dessa forma, o volume de liquidações em dólares está sendo reduzido e os valores das reservas próprias dos países nessa moeda também diminuem.

‘Não estamos interessados em evitar totalmente os negócios em dólar e, por enquanto, estamos satisfeitos’, disse ele.

Mas alertou que se a política de Washington continuar assim, ‘então não teremos que fazer nada, os Estados Unidos vão minar a confiança no dólar’, frisou.

Em outra parte da entrevista, o presidente considerou que no futuro as criptomoedas podem ser utilizadas como meio de acumulação, mas agora é ‘cedo’ para falar sobre isso.

Segundo Putin, pode ser uma unidade de pagamento, mas é muito instável e ainda não foi respaldada por nada. ‘Transferir recursos de um lugar para outro sim, mas comercializar, principalmente para trocar recursos energéticos, na minha opinião, ainda é cedo.’

mgt/mml/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.