6 de December de 2021

NOTICIAS

Cuba sediará reunião da Comissão Econômica da Eurásia

Cuba sediará reunião da Comissão Econômica da Eurásia

Minsk, 14 Out(Prensa Latina) O presidente cubano Miguel Díaz-Canel destacou hoje que, de 4 a 7 de novembro, Havana sediará a 11ª sessão da Comissão Conjunta de Colaboração com a Comissão Econômica da Eurásia.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Nesta quinta-feira, o presidente cubano participou online da reunião do Conselho Econômico Supremo da Eurásia, formado por chefes de Estado e de governo da Rússia, Belarus, Cazaquistão, Armênia e Quirguistão, além de Moldávia, Uzbequistão e Cuba que têm status de observadores.

Em seu discurso, destacou que o Plano de Ação Conjunta será assinado na capital da ilha, cuja implementação permitirá a intensificação e sistematização da colaboração entre a União Econômica da Eurásia (UEE) e Cuba, tanto a nível oficial como em círculos de negócios.

O Chefe de Estado reafirmou a vontade de seu país de continuar promovendo os laços bilaterais em áreas de interesse comum e de trabalhar em conjunto para fortalecer este projeto de integração.

‘É uma tarefa desafiadora, mas temos certeza de que com vontade política conseguiremos cumpri-la’, afirmou.

Díaz-Canel destacou que, na situação atual, a colaboração entre as nações é a única garantia do desenvolvimento sustentável das economias dos países, condição fundamental para garantir o bem-estar de seus povos.

‘Cooperar é o verbo chave, quando nossas agendas coincidem em uma prioridade: enfrentar a pandemia do Covid-19, já considerada a mais complexa crise de saúde que a humanidade experimentou nos últimos 100 anos’, disse.

Assinalou que, no caso de Cuba, a crise se agrava com o agravamento, deliberada e oportunista, do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto há mais de 60 anos pelo governo dos Estados Unidos.

Ele observou que para a ilha caribenha tem sido difícil, mas não impossível, enfrentar a pandemia combinada com o aumento da agressividade do exterior.

Díaz-Canel ressaltou que, apesar do bloqueio de Washington, o país desenvolveu rapidamente pesquisas avançadas e novos protocolos que resultaram em imunizações eficazes contra o coronavírus SARS-CoV-2.

No encontro, o presidente cubano deu aos países membros da UEE os avanços dos cientistas e médicos cubanos na luta contra a doença.

Ele também expressou que a nação antilhana tem amplas oportunidades de cooperação conjunta em diferentes setores do desenvolvimento sustentável.

O Conselho Econômico Supremo da Eurásia é o órgão máximo da União, composto pelos chefes dos Estados membros dessa organização e a reunião é liderada pelo presidente do Cazaquistão, Kassym-Jomart Tokayev, país que comanda o bloco; e pelo presidente de Belarus, Alexandr Lukashenko, à frente da Comissão da Eurásia.

A UEE é uma organização internacional criada em 2015 para a integração económica regional e tem entre os seus objetivos a promoção da livre circulação de mercadorias, serviços, capitais e trabalho.

mem/mml/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.