28 de November de 2021

NOTICIAS

ONU pede aumento da cooperação para a redução do risco de desastres

ONU pede aumento da cooperação para a redução do risco de desastres

Nações Unidas, 13 out (Prensa Latina) A ONU pediu a promoção da cooperação internacional para que os países em desenvolvimento possam minimizar as perdas por eventos naturais adversos, já que hoje se comemora o Dia Internacional pela Redução do Risco de Desastres.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Como as Nações Unidas destacam no site dedicado a esta data, esses fenômenos afetam os estados de baixa e média renda de forma desproporcional, especialmente em termos de mortalidade, feridos, deslocados, desabrigados e das perdas econômicas.

Por esta razão, o organismo multilateral defende uma maior cooperação a fim de construir capacidade para aumentar a resiliência a desastres, eventos climáticos extremos e outras ameaças naturais e também as provocadas pelo homem.

Os desastres, muitos dos quais são agravados pelas mudanças climáticas, têm um impacto negativo sobre o investimento em desenvolvimento sustentável, indica o site da ONU.

Relatórios recentes da Organização Meteorológica Mundial também indicam que, sem uma ação real sobre o clima nos próximos 10 anos, os eventos climáticos extremos serão esmagadores, especialmente para os países em desenvolvimento.

Desde 1989, a ONU comemora o Dia Internacional pela Redução do Risco de Desastres, após um apelo da Assembleia Geral para promover uma cultura global sobre o assunto.

A ideia é promover ações para reduzir a exposição de pessoas e comunidades aos desastres e conscientizar sobre a importância de controlar os riscos que enfrentam nesse sentido.

oda/ifb/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.