7 de December de 2021

NOTICIAS

Governo da Jordânia renuncia

Governo da Jordânia renuncia

Amã, 11 out (Prensa Latina) O governo jordaniano apresentou sua renúncia para preparar a reorganização do gabinete do primeiro-ministro Bishr Al-Khasawneh, informou hoje o canal de televisão Al-Mamlaka (El Reino).
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em declarações ao meio audiovisual, o porta-voz executivo Sakhr Dodin explicou que a renúncia obedece ao requisito constitucional de submeter a próxima formação governamental ao rei Abdala II.

A renúncia total, disse ele, evita a vergonha de quem vai embora.

Desde outubro de 2020, a equipe de Al-Khasawneh assumiu o cargo, substituindo a liderada por Omar Razzaz.

Esta é a quarta reestruturação do governo em um ano.

O monarca nomeou Al-Khasawneh com o objetivo de restaurar a confiança pública em face de uma crise de credibilidade nas autoridades, que a percepção popular acusa de governança corrupta e pobre.

Diante do que eles consideram o manejo incorreto da pandemia Covid-19 e das promessas quebradas de prosperidade e bem-estar, a raiva é evidente nos jordanianos, que frequentemente realizam protestos em massa.

Al-Khasawneh foi elogiado por funcionários do Fundo Monetário Internacional por sua maneira de lidar com a economia durante a crise e garantiu um empréstimo de US $ 1,3 bilhão da instituição de crédito.

No entanto, os números dizem o contrário, já que o produto interno bruto registrou a maior contração em décadas, devido às medidas de isolamento, ao fechamento de fronteiras e à queda acentuada do turismo, um dos setores-chave.

acl / arc / ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.