2 de December de 2021

NOTICIAS

Tensão em negociação coletiva de trabalho no Uruguai

Tensão em negociação coletiva de trabalho no Uruguai

Montevidéu, 6 out (Prensa Latina) Perto do congresso da central sindical uruguaia Pit-Cnt, o dirigente sindical da construção, Daniel Diverio, anteviu hoje um outubro tenso devido à negociação coletiva do trabalho e à prestação de contas no parlamento.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De seu setor, afirmou ter ‘a perspectiva de que se possa avançar’ neste processo no que diz respeito à fábrica de celulose UPM 2 em construção.

Mas por sua vez, ele lembrou que seu sindicato (Sunca) está analisando medidas para a ‘reconversão’ dos pedágios depois de ‘automatizados’ e contratados para as obras da Ferrovia Central.

Ele acrescentou um cenário em que a prestação de contas orçamentárias, com seus cortes ‘leva a esticar a corda para investimentos em saúde, habitação e obras públicas, que é o que centraliza o trabalho dos próximos anos’. Por outro lado, o ministro do Trabalho, Pablo Mieres, comunicou ao jornal oficial El País a ideia do governo de ‘acelerar o ritmo’ das negociações para finalizar o maior número de acordos possível antes do final do mês.

Conforme relatado, de 190 mesas de negociação, até o momento havia acordo em cerca de 10 no que ele descreveu como ‘um cenário sujeito a conflito’.

Por sua vez, no Sindicato Nacional dos Metalúrgicos e Ramos Aliados (Untmra), alertam que durante o mês de outubro haverá ‘mobilizações e assembleias’, e preveem uma greve no setor, informou o dirigente Danilo Dárdano, já que ‘os industriais não têm feito quase nada’ na negociação coletiva.

Só depois de uma greve de 72 horas, o Sindicato Unido Portuário (Supra) conseguiu fazer com que o setor do Trabalho e a empresa Karoen Natie fossem à mesa de negociações durante a semana, após meses de dilatação e advertências do sindicato.

No marco da votação das Contas, Pit-Cnt prepara fogueiras nos arredores do Palácio Legislativo para reivindicar contra a derivação de itens do Instituto de Colonização para a realocação de assentamentos suburbanos em uma quantidade ridícula pela magnitude desse problema social .

A central sindical única uruguaia realizará seu XIII Congresso ordinário a partir de 5 de novembro.

ga/hr/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.