3 de December de 2021

NOTICIAS

Cidade chinesa pressionada pelo influxo de compatriotas do Mianmar

Cidade chinesa pressionada pelo influxo de compatriotas do Mianmar

Beijing, 2 de outubro (Prensa Latina) A cidade fronteiriça de Ruili (sudoeste da China) está hoje sob pressão devido à presença de pelo menos 10.000 compatriotas do lado de Mianmar, que procuram reentrar no país.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Essas pessoas querem voltar ao gigante asiático por causa da complexa situação política e do aumento dos casos Covid-19 na nação vizinha, disseram fontes ao Global Times.

O fluxo tem sido constante desde junho passado e também coincidiu com uma ordem governamental para registrar a identidade daqueles que residem no norte de Mianmar. Mas Ruili só permite a entrada diária de 1.000 indivíduos, e então são realizados testes PCR e eles são enviados para locais de quarentena.

A cidade está aplicando rigorosamente o mecanismo sanitário, pois desde o ano passado tem sofrido frequentes surtos de Covid-19, quase todos originários de pessoas que chegam do Mianmar, inclusive através de canais ilegais.

mem/ymr/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.