5 de December de 2021

NOTICIAS

Começa semana decisiva para vacinação contra Covid-19 em Cuba

Começa semana decisiva para vacinação contra Covid-19 em Cuba

Havana, 27 set (Prensa Latina) Começa hoje em Cuba uma semana decisiva para a vacinação em massa contra a Covid-19, processo que visa garantir que toda a população receba pelo menos uma dose de imunógenos nacionais até o final de setembro.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Assim o descreveu o presidente Miguel Díaz-Canel Bermúdez, quando 8.879.811 cidadãos (79,3%) já receberam aquela quantidade do Soberana 02 injetável, do Finlay Vaccine Institute (IFV), e da Abdala, esta última desenhada pelo Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia (CIGB).

As províncias de Havana, Matanzas, Cienfuegos, Ciego de Ávila e Santiago de Cuba se destacam pelos avanços na vacinação, refletidos no cenário epidemiológico favorável que apresentam atualmente, frisou.

Para atingir toda a população do país caribenho, a vacinação de idosos convalescentes da doença começou neste sábado na capital e em várias províncias do país com uma dose do Soberana Plus, do IFV, e dos alérgicos ao tiomersal com 120 mil unidades de Abdala entregue na sexta-feira pelo CIGB.

De acordo com o Ministério da Saúde Pública, o timerosal ou timerosal é um componente que antes era usado para curar feridas e está presente em muitas das vacinas do país.

No caso de lotes multidose de imunógenos cubanos, esse composto funciona como conservante do produto, daí a necessidade de produzir lotes de dose única para dispensar a substância.

Cerca de 1.400 crianças e jovens de até 18 anos hipersensíveis a essa droga serão inoculados com o imunógeno nacional Soberana 02 e cerca de 22.000 adultos com Abdala sem esse composto, informou o jornal Tribuna de La Habana.

Da mesma forma, 120 mil convalescentes com menos de dois meses da doença receberão dose única do Soberana Plus e, no caso das crianças, não serão imunizadas enquanto a planejada vacina candidata aguarda aprovação do Núcleo do Estado Controle de Medicamentos, Equipamentos e Dispositivos Médicos (Cecmed), órgão regulador da Ilha.

Em reunião do Grupo de Trabalho Temporário para enfrentar Covid-19 nesta cidade, foi informado que, de acordo com o cronograma, na próxima quarta-feira a capital cubana terá imunizado 95% de sua população com uma primeira intervenção e completará as três doses cerca de 80% da população.

Por outro lado, o CIGB confirmou neste sábado em sua conta do Twitter a produção de 30 milhões de doses desse injetável que vai garantir a imunização da população com mais de 19 anos, bem como de gestantes, lactantes, pessoas com transplantes, adolescentes e jovens nas séries finais do sistema nacional de ensino.

Cuba aspira este ano inocular toda a sua população contra a Covid-19 com seus próprios imunógenos, para o qual está promovendo uma campanha nacional de vacinação que inclui idades pediátricas, até agora a única do tipo no mundo.

jcm / nmr / ls/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.