30 de November de 2021

NOTICIAS

Contornos do panorama para 2022 na Colômbia

Contornos do panorama para 2022 na Colômbia

Bogotá, 26 de set (Prensa Latina) A Colômbia mostra uma aparente calma após os dias intensos de greve nacional iniciada em 28 de abril, que levou centenas de milhares de pessoas às ruas por mais de dois meses com as mais diversas denúncias aos governo de Iván Duque.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Embora as grandes manifestações tenham alcançado alguns de seus objetivos, apesar da forte repressão policial, a verdade é que os problemas do país continuam esperando soluções e os colombianos depositam suas esperanças nas eleições de 2022.

O cessar da violência, massacres e assassinatos de lideranças sociais e ex-guerrilheiros, maior acesso ao emprego e cumprimento do Acordo de Paz são algumas das demandas pendentes da população.

Com vistas a essas eleições, estão sendo definidas as forças políticas e reagrupados os diferentes grupos, entre os quais se destaca o Pacto Histórico, coalizão liderada pelo candidato à presidência e senador Gustavo Petro.

Este grupo, formado pelos mais diversos setores, partidos e movimentos políticos, personalidades, lideranças sociais, povos indígenas, afro-colombianos, entre outros, é o favorito às eleições do próximo ano.

Na semana passada, a ex-senadora Piedad Córdoba oficializou a adesão do movimento Poder Cidadão ao Pacto Histórico e explicou que, ao longo desses meses, manteve muitas conversas que chegaram a um consenso e a compromissos de unidade para a construção de uma nova Colômbia.

O Pacto Histórico foi divulgado em 11 de fevereiro e pretende obter a maioria no Congresso da República em 13 de março, dia da eleição dos membros das duas câmaras do referido órgão legislativo.

Da mesma forma, pretende conquistar a presidência -para o período de 2022-2026- nas eleições de 29 de maio (primeiro turno) ou na segunda, marcada para 19 de junho.

No âmbito da sua missão, procura apresentar ao país uma proposta de poder alternativo, que será construída a partir das bases sociais que o acompanham.

No momento, Petro é o candidato presidencial favorito para se candidatar à luta eleitoral, de acordo com várias pesquisas de opinião.

(Retirado do Orb)

sc/

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.