30 de November de 2021

NOTICIAS

Talibã anuncia tesouro bactriano a salvo em Cabul

Talibã anuncia tesouro bactriano a salvo em Cabul

Cabul, 23 set (Prensa Latina) Autoridades do Ministério da Informação e Cultura afegão anunciaram hoje que o Tesouro Bactriano, uma coleção de 21.145 moedas de ouro, está mantida em Cabul e garantiu sua total segurança.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Fontes do referido portfólio negaram que esses bens tenham sido traficados para fora do país e acrescentaram que estão sob vigilância do Taleban na capital afegã, refletiu a agência de notícias The Khaama Press.

É o maior e mais caro tesouro do mundo e uma das maiores fontes de renda do Afeganistão e, embora o Taleban não tenha revelado sua localização exata, garantiu que é seguro.

O tesouro tem milhares de anos e foi transferido do Museu Nacional Afegão para o banco central do país pelo então presidente afegão Mohammad Najibullah no início dos anos 1990.

O importante bem foi devolvido ao palácio presidencial pelo governo anterior de Ashraf Ghani em fevereiro de 2021 e colocado em exibição ao público, informou o TOLO News.

Um grupo de artefatos afegãos, incluindo a compilação de ouro bactriana, foi enviado ao exterior para exibição vários meses antes de o Talibã chegar ao poder.

Ahmadullah Wasiq, vice-chefe da Comissão Cultural do gabinete interino dos fundamentalistas islâmicos, disse que todos os contratos assinados com a comunidade internacional sobre a proteção de monumentos antigos e históricos permanecerão em vigor no Afeganistão.

Reconhecido como uma das maiores coleções de ouro do mundo, o Tesouro Bactriano foi descoberto há quatro décadas na área de Tillia Tepe ou Tilla Tapa, um sítio arqueológico no distrito de Sibargan, centro da província afegã de Yauzyan, no norte do país.

Composto por joias e ouro, foi encontrado no local de um antigo cemitério real, onde os restos mortais de sete pessoas foram decorados com milhares de peças de ouro.

Segundo especialistas, remonta ao império Kushan, fundado por uma tribo de Yuezhi, que no auge de seu poder entre 105 e 250 se estendia do território do atual Tajiquistão ao Mar Cáspio e do Afeganistão ao rio vale, Ganges.

rgh / abm / fav

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.